UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Prestes a rescindir com Under Armour, SP se reúne com Umbro e Penalty

NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Pratto em ação; uniforme da Under Armour está com dias contados e São Paulo negocia com Umbro e Penalty Imagem: NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

18/10/2017 04h00

Em negociação para assinar a rescisão do seu contrato de dois anos com a Under Armour, o São Paulo já se movimenta no mercado na busca por um novo fornecedor de material esportivo. Segundo apurou a De Primeira, representantes do clube já se reuniram com Umbro e Penalty, sendo que a primeira empresa estaria com conversas um pouco mais adiantadas. Os dirigentes também chegaram a consultar a Adidas e New Balance.

O São Paulo, no entanto, tem ciência de que não deve conseguir um acordo tão vantajoso quanto o que tinha com a Under Armour. Anualmente, o Tricolor recebe cerca de R$ 16 milhões pelo patrocínio e mais R$ 12 milhões em material esportivo. A empresa não está satisfeita com as vendas, enquanto o clube reclama do fornecimento de material para lojas e até mesmo de atrasos de pagamentos, como aconteceu com uma parcela de R$ 6 milhões que foi quitada recentemente. As duas partes negociam como pode ser feito o rompimento do contrato e o pagamento da multa pela empresa, que está no São Paulo desde 2014. A Under Armour já liberou o Tricolor a prospectar novos parceiros e tem o direito de tentar superar essas eventuais propostas em 10%. (Por Bruno Grossi e José Eduardo Martins)

Por empréstimo de agente, Botafogo tem receita de TV bloqueada

O Botafogo teve suas receitas de TV bloqueadas judicialmente e a Globo está depositando os valores diretamente na Justiça. O último pagamento ocorreu dia 3 de outubro, no valor de R$ 224 mil.

Mais UOL de Primeira

Topo