UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Empréstimo da era Aidar faz SP levar R$ 2 mi/ano a menos da Under Armour

 Daniel Vorley/AGIF
Hernanes em ação; uniforme do São Paulo deve mudar para a próxima temporada Imagem: Daniel Vorley/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

03/11/2017 04h00

Um empréstimo tomado ainda na gestão Carlos Miguel Aidar faz o São Paulo, desde 2014, receber R$ 2 milhões a menos que o previsto no contrato da Under Armour, fornecedora de material esportivo do clube tricolor. Mais importante parceira do clube à época, a empresa forneceu um adiantamento de R$ 10 milhões que, hoje, é descontado na parceria que pode acabar em breve. 

Insatisfeita com a venda de produtos e a suposta falta de empenho do São Paulo na promoção, a Under Armour negocia a rescisão do polêmico contrato. Em 2014, quando ele foi assinado, uma comissão de 15% a ser paga para a empresa Far East gerou polêmica, já que tiraria quase R$ 18 milhões dos cofres do clube. No fim, em 2015 a companhia desistiu da remuneração. Anualmente o Tricolor recebe quase R$ 16 milhões pelo patrocínio e mais R$ 12 milhões em material esportivo, e conversa com Adidas, New Balance, Umbro e Penalty para substituir a marca americana. (Por José Eduardo Martins)

São Paulo: Saída à francesa no Conselho

O quórum na reunião do Conselho Deliberativo na última terça-feira (31) foi bem abaixo do esperado. No total, 122 dos 240 integrantes do órgão assinaram a ata. Para complicar a situação, muitos foram embora durante a sessão, que terminou com um número pequeno de pessoas.
 

Mais UOL de Primeira

Topo