Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Diretor do SP processa o próprio clube por arbitragem de campeonato interno

Ricardo Nogueira/Folhapress
Fachada do Morumbi; diretor adjunto de futebol processou o próprio clube por briga em campeonato interno Imagem: Ricardo Nogueira/Folhapress
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

23/11/2017 04h00

Diretor adjunto de futebol do São Paulo, Fernando Bracalle, o Chapecó, entrou na Justiça contra o próprio clube. O motivo é inusitado: a arbitragem do campeonato interno de futebol. O PSV, time do dirigente, se envolveu em confusão com o juiz e teve quatro jogadores expulsos. Bracalle entrou com a ação para suspender as punições e também exigiu que o São Paulo pagasse as custas do processo e os honorários de seu advogado.

A Justiça negou a liminar e o PSV precisou atuar com os desfalques. Depois disso, o dirigente protocolou pedido de desistência da ação. Chapecó é parte integrante do departamento de futebol e acompanha o elenco em partidas. Procurado, o São Paulo não comentou o caso até a publicação da coluna. (Por Pedro Lopes)

Palmeiras faz acordo para pagar R$ 2,2 milhões à DIS

O Palmeiras fez um acordo para pagar uma dívida de R$ 2,2 milhões com o grupo DIS. O valor era alvo de uma briga judicial iniciada pela empresa, que cobrava participação na venda do lateral esquerdo Gabriel Silva ao Granada, da Espanha, em 2011.

Mais UOL de Primeira