UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Diretor do SP processa o próprio clube por arbitragem de campeonato interno

Ricardo Nogueira/Folhapress
Fachada do Morumbi; diretor adjunto de futebol processou o próprio clube por briga em campeonato interno Imagem: Ricardo Nogueira/Folhapress
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

23/11/2017 04h00

Diretor adjunto de futebol do São Paulo, Fernando Bracalle, o Chapecó, entrou na Justiça contra o próprio clube. O motivo é inusitado: a arbitragem do campeonato interno de futebol. O PSV, time do dirigente, se envolveu em confusão com o juiz e teve quatro jogadores expulsos. Bracalle entrou com a ação para suspender as punições e também exigiu que o São Paulo pagasse as custas do processo e os honorários de seu advogado.

A Justiça negou a liminar e o PSV precisou atuar com os desfalques. Depois disso, o dirigente protocolou pedido de desistência da ação. Chapecó é parte integrante do departamento de futebol e acompanha o elenco em partidas. Procurado, o São Paulo não comentou o caso até a publicação da coluna. (Por Pedro Lopes)

Palmeiras faz acordo para pagar R$ 2,2 milhões à DIS

O Palmeiras fez um acordo para pagar uma dívida de R$ 2,2 milhões com o grupo DIS. O valor era alvo de uma briga judicial iniciada pela empresa, que cobrava participação na venda do lateral esquerdo Gabriel Silva ao Granada, da Espanha, em 2011.

Mais UOL de Primeira

Topo