UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Da elite do futebol, Del Nero é único presidente ausente do sorteio da Copa

Fabrice Coffrini-27.mai.2015/AFP
Marco Polo del Nero conversa com jornalistas em Zurique; desde o estouro do caso Fifa, cartola não viaja ao exterior Imagem: Fabrice Coffrini-27.mai.2015/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

01/12/2017 04h00

Das sete seleções campeãs do mundo que participarão da Copa de 2018, a única que não está representada pelo presidente de sua federação no sorteio dos grupos desta sexta, em Moscou, é o Brasil. Marco Polo Del Nero não viajou, orientado por seus advogados, em face de investigação comandada pelo FBI nos EUA. O mandatário da CBF é acusado de envolvimento no esquema de corrupção e viu, na última semana, o delator Alejandro Burzaco apontá-lo como receptor de propinas. 

Vários dos demais presidentes de federação têm conversado com a imprensa e aparecido em redes sociais em Moscou: Reinhardt Grindel, da Alemanha, e Juan Larrea, da Espanha, deram entrevistas sobre o sorteio, enquanto Noel Le Graet, da França, e Greg Clarke, da Inglaterra, apareceram em fotos na capital russa – o inglês, inclusive, utilizou um broche da campanha Rainbow Laces, contra a homofobia no esporte. Pelo Uruguai, Wilmar Valdez é integrante do comitê executivo da Fifa e foi um dos primeiros a chegar. O argentino Claudio Tapia, por sua vez, veio antes do treinador Jorge Sampaoli.

Embora seja evento mais voltado para o campo de jogo, é praxe que os cartolas compareçam ao evento, um dos mais importante da agenda do Mundial. Como a Folha revelou nesta semana, Del Nero é o primeiro presidente da CBF a não comparecer ao sorteio desde 1985, quando a escolha dos grupos para a Copa do ano seguinte foi feita nos estúdios de uma TV mexicana, sem a badalação e o peso atual. (Por Pedro Lopes)

Ingleses aguardam treinador “atrasado” para sorteio desta sexta

A imprensa inglesa passou a maior parte da última quinta-feira, em Moscou, aguardando a chegada do treinador Gareth Southgate, que estava programada para 22h, horário local. O inglês era o último técnico, entre aqueles confirmados para o evento, a chegar na capital russa. 

Mais UOL de Primeira

Topo