UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Globo aumenta número de clássicos fora do horário nobre para bombar PPV

Marcello Zambrana/AGIF
Willian e Arboleda no clássico; Palmeiras x São Paulo na quinta é exemplo da estratégia da Globo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

09/03/2018 04h00

A Globo tirou a maioria dos clássicos dos Estaduais do horário nobre para bombar a audiência do Premiere. O movimento, que se iniciou há três anos, se intensificou na atual temporada. No Rio de Janeiro, só um clássico dos seis previsto estará na TV aberta, sendo que esse número era de cinco em dez há dois anos. No Gauchão, nenhum dos quatro clássicos nos últimos quatro anos ficaram na faixa da Globo. Em São Paulo, apenas dois dos seis clássicos foram transmitidos na TV aberta em 2018.

É esse movimento que explica, por exemplo, Palmeiras e São Paulo se enfrentando na última quinta. No domingo passado, pelo mesmo motivo, Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentaram às 11h do domingo. Em comunicado, a Globo diz que todas as decisões são feitas em conjunto com as federações e acrescenta. "É importante haver um equilíbrio entre as diversas janelas (TV aberta, paga e PPV), de modo que todas atendam seu mercado e público, permitindo inclusive maiores receitas aos clubes". (Por Danilo Lavieri)

CBF: Ameaça de corte a federações contra Del Nero

As federações que não manifestassem apoio a Caboclo na sucessão a Del Nero foram ameaçadas de ficar sem o repasse de verbas feito pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Foi assim que o atual presidente se livrou de qualquer risco de ver Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF, com condições de se candidatar como opositor.

Mais UOL de Primeira

Topo