UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

CBF veta bebês em entrada no gramado e quase barra filho de jogador do SP

Daniel Vorley/Agif
Bruno Alves comemora gol do São Paulo diante do Paraná Clube, pelo Campeonato Brasileiro 2018 Imagem: Daniel Vorley/Agif
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

18/04/2018 04h00

Para este Campeonato Brasileiro, a CBF estabeleceu regras quanto à presença de crianças na entrada dos times antes das partidas. É preciso ter entre 4 e 10 anos, ter até 1,40 m de altura e não pode precisar entrar no colo dos atletas. Apenas 44 crianças por jogo serão permitidas. Essas limitações não foram bem aceitas pelos jogadores, muitos com filhos recém-nascidos e pré-adolescentes.

No duelo entre São Paulo e Paraná Clube, por exemplo, o zagueiro Bruno Alves levou Henry Miguel, de um ano e cinco meses, para entrar no gramado do Morumbi e quase foi barrado. Funcionários do Tricolor insistiram com um fiscal, lembrando que era aniversário de Bruno e que a criança havia sido levada apenas por isso, mesmo com uma noite fria na capital paulista. O fiscal abriu uma exceção para o são-paulino, que acabaria fazendo o gol da vitória tricolor. (Por Bruno Grossi)

Seleção: Preparador viaja por F. Luís e se anima com Neymar

O preparador físico Fábio Mahseredjian vai a Madri nesta quarta-feira para uma avaliação in loco sobre a recuperação do lateral esquerdo Filipe Luís. Fábio tem boas informações sobre a evolução do jogador à cirurgia recente após fratura da fíbula, o que aumenta as possibilidades de o jogador ser incluído na lista para a Copa do Mundo no dia 14 de maio.

Mais UOL de Primeira

Topo