UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Ex-sócio de Del Nero, deputado federal recebe mais da CBF do que da Câmara

Lúcio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados
Deputado Vicente Cândido (PT-SP), durante sessão na Câmara dos Deputados Imagem: Lúcio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

26/04/2018 04h00

Acumulando cargos de deputado federal (PT-SP) e diretor de assuntos internacionais da CBF, Vicente Candido recebe um salário maior na entidade que comanda o futebol brasileiro do que na Câmara dos Deputados. A De Primeira teve acesso a documentos da entidade que mostram um salário de R$ 37 mil, superior aos R$ 33 mil recebidos pelo cargo público. Procurado pela reportagem, Candido admitiu o salário, afirmou não haver qualquer ilegalidade nisso e ressaltou que tudo está registrado em seu imposto de renda.

Cândido foi sócio do ex-presidente da CBF Marco Polo Del Nero em um escritório de advocacia e também ocupa cargo de diretor de relações internacionais e institucionais do Corinthians. Como deputado, costuma atuar em projetos relacionados a futebol e defender os interesses da CBF, tendo sido relator da Lei Geral da Copa e participado da elaboração do Profut. Baseado em Brasília e São Paulo, Vicente Cândido não costuma dar expediente na CBF. (Por Pedro Lopes)

São Paulo: Pimenta vai avalia separação entre clube e futebol

Em reunião do Conselho de Administração do São Paulo, José Eduardo Mesquita Pimenta, rival de Leco nas últimas eleições, foi nomeado para presidir a comissão que vai analisar a separação do clube social do futebol no Tricolor. Produzido a partir de um estudo da consultoria Deloitte, o projeto inicial foi concebido pelos advogados José Francisco Manssur e Rodrigo Monteiro de Castro.

Mais UOL de Primeira

Topo