UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Impasse sobre gravidade da lesão deixa CBF sem situação real de Dani Alves

Sandra Kelch/Kelch Photography/Divulgação
Daniel Alves concede entrevista pela seleção; CBF não tem informação sobre a situação real do jogador Imagem: Sandra Kelch/Kelch Photography/Divulgação
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

10/05/2018 04h00

A lesão Daniel Alves preocupa a seleção, mas não é só o problema no ligamento cruzado do joelho do lateral que tira o sono da comissão técnica de Tite. A CBF desaprovou, novamente, a forma como o Paris Saint-Germain comunicou a lesão. Como no caso de Neymar, há um impasse sobre a situação real de Dani – que só será resolvido com a avaliação do médico Rodrigo Lasmar, nesta quinta-feira (9). Há confusão sobre dois pontos específicos.

A primeira contradição é a citação a uma possível cirurgia. PSG e Daniel Alves divulgaram comunicados similares, mas enquanto o clube fala que a operação não está descartada, o do jogador não trata do assunto. Além disso, não há clareza sobre o resultado do exame. Inicialmente, pessoas próximas a Daniel Alves comemoraram a não-ruptura do ligamento, como publicado pelo UOL Esporte e outros veículos. Mais tarde, PSG e o lateral falaram em “alta desinserção”, sem mais detalhes. Especialistas ouvidos posteriormente pela De Primeira entendem que tal termo é aplicado em situações de ruptura. Na seleção, internamente, a impressão é a mesma, brecando otimismo no caso. Qualquer resposta, inclusive a aguardada por Tite para definir a convocação de Daniel Alves ou não, só será dada após a avaliação do médico da seleção. (Por Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida)

Intervenção fortalece Gepe, que assume segurança do Maracanã

O Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) ganhou força na Intervenção Federal do Rio de Janeiro. Comandado pelo tenente-coronel Sílvio Luiz, o setor especializado da Polícia Militar recebeu reforço de pessoal e assumiu o comando total dos jogos no Estado, principalmente no Maracanã.

Mais UOL de Primeira

Topo