UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

CBF só acionou a Fifa nove dias após saber de problema com "lista B"

Pedro Martins / MoWA Press
Edu Gaspar concede entrevista coletiva na Granja Comary; erro administrativo pode comprometer a rodada do Brasileirão Imagem: Pedro Martins / MoWA Press
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

25/05/2018 04h00

Além de ter perdido o prazo para solicitar alteração na data limite para que os 12 suplentes da lista 35 convocados possam atuar em seus respectivos times, a CBF demorou a consultar a Fifa diretamente na busca por uma solução para o impasse. Ao tomar ciência do problema após a convocação do último 14, a entidade procurou a Conmebol e, por meio da confederação sul-americana, tentava resolver o caso com a entidade internacional. Nenhuma solução se apresentou. Somente na última quarta-feira (23), em um e-mail, os cartolas procuraram diretamente a autoridade máxima do futebol.

A mensagem endereçada à senegalesa Fatma Samoura, secretária-geral da Fifa, era a última tentativa de resolver o imbróglio. Sem procurar a federação internacional diretamente anteriormente, a CBF não conseguiu uma resposta que liberasse, por exemplo, o atacante Dudu, do Palmeiras, que desfalcou o time na última quarta por “segurança jurídica”. A cúpula da confederação ainda acredita em uma resposta positiva que libere os jogadores da lista B, os 12 suplentes que completam a convocação principal, para atuarem na rodada do próximo fim de semana do Brasileiro. A demora na comunicação, no entanto, atrasou a definição. (Por Danilo Lavieri, Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida)

Seleção: CBF apreende drone com recado para Neymar

Um drone chamou a atenção no treino da seleção brasileira na última quinta-feira, o primeiro com bola de Neymar e companhia. Carregando uma bandeira do Brasil e uma carta, o objeto foi enviado por um torcedor que pedia ainda um autógrafo de Neymar.

Mais UOL de Primeira

Topo