Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Santos tem contas e receita de vendas bloqueadas por caso ligado a Doyen

Divulgação
Por conta de impasse judicial, presidente José Carlos Peres encara novo problema financeiro no comando do Santos Imagem: Divulgação
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Santos, Rio de Janeiro e Porto Alegre

2019-02-20T04:00:00

20/02/2019 04h00

O Santos teve suas contas bancárias e quaisquer valor que tenha a receber de clubes do exterior bloqueados até saldar uma dívida, que hoje atinge R$ 13,6 milhões, com o escritório de advogados Bonassa Bucker, que intermediou o acordo para pagamento de 23 milhões de euros ao fundo Doyen. O alvinegro tenta reverter o bloqueio, mas teve o primeiro pedido de liminar negado.

Dentre os valores que podem ser atingidos estão os das vendas do meia Serginho para o Al-Whad, de Felipe Anderson pela venda da Lazio para o West Ham e da transferência de Rodrygo para o Real Madrid - o clube tem 25 milhões de euros a receber em julho deste ano. Na ação, o Santos argumenta que os bloqueios podem inviabilizar os pagamentos de suas folhas salariais, e tenta oferecer outras garantias. (Por Pedro Lopes)
 

Mais UOL de Primeira