UOL Esporte Futebol
 
08/10/2009 - 13h00

Top 5 - Confira as principais peculiaridades dos torcedores egípcios

Rodrigo Farah
No Cairo (Egito)
O Mundial sub-20 renovou a paixão do povo egípcio por futebol. Animados por sediar o evento, os fãs do país seguem tudo o que acontece no torneio e dão um show à parte, mesmo com a despedida dos jovens “Faraós” nas oitavas-de-final. Saiba mais sobre a experiência de acompanhar o esporte em um estádio do país e confira as principais peculiaridades do torcedor local:

Rodrigo Farah/UOL Esporte

Fanatismo religioso

Os egípcios estão entre os torcedores mais animados do futebol, mas ainda assim não se esquecem da religião. Acostumados a realizar cinco orações diárias, os fãs islâmicos sempre dão um jeito de cumprir as obrigações dentro do estádio. Esperam o intervalo e arrumam um canto na arquibancada para se ajoelhar e louvar Allah.

Rodrigo Farah/UOL Esporte

Vício por Lahma Barda

A visita a uma partida de futebol no Egito não fica completa sem a degustação de um belo Lahma Barda, seja dentro ou fora dos estádios. O sanduíche de rosbife com molho de carne é tradição em qualquer evento esportivo no país. A pedida fica ainda mais atrativa na hora da compra, já que o preço pela guloseima não ultrapassa R$ 2,50.

Rodrigo Farah/UOL Esporte

Invasão feminina

Assim como em outros países islâmicos, a mulher sofre certas restrições na sociedade egípcia. Mas essa máxima não vale nos estádios. Lá, elas têm permissão para se liberar à vontade. É por isso que comparecem em número quase igual ao do sexo oposto para berrar e dar um toque delicado ao esporte. Quem disse que futebol é coisa de homem?

Rodrigo Farah/UOL Esporte

Exército colorido

A presença dos soldados do deserto é quase uma obrigação nos jogos do Mundial. Após meses no interior do país, eles ganharam o direito de assistir às partidas de perto e desde então não perdem uma sequer. Sempre com roupas coloridas, mas ao mesmo tempo sujas e malcheirosas, eles são parte do folclore do torneio e sempre chamam a atenção.

Rodrigo Farah/UOL Esporte

Misr! Misr! Misr!

Torcer na terra dos Faraós é das tarefas mais fáceis possíveis. Não é preciso nenhum curso de árabe e nem nada disso. A única expressão a ser memorizada é Misr! (pronunciada Mããsr), que significa Egito na língua local. São 90 minutos de berros ininterruptos da palavra em qualquer partida do campeonato. Falta de criatividade?

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host