Paranaense 2018

10+ dos Estaduais: Carille bravo e repórter vítima de ofensas no Sul

Do UOL, em São Paulo

O final de semana foi recheado de clássicos em São Paulo e no Rio. E o clima de animosidade foi visto no sábado (24) e no domingo (25). No Pacaembu, a torcida do Santos não deu sossego a Lucas Lima no primeiro reencontro do meia com seu ex-clube. Já no Morumbi, o técnico Fábio Carille ficou irritado por não ter sido cumprimentado por Diego Aguirre.

O domingo ainda contou com mais um relato de ofensa envolvendo uma repórter. Durante o jogo do São José contra o Brasil de Pelotas, um torcedor foi expulso do estádio após ofender Kelly Costa, do SporTV.

Veja os principais acontecimentos nos estaduais

Ale Cabral/AGIF
Ale Cabral/AGIF

Carille se irrita com Aguirre

Fábio Carille chegou para a entrevista coletiva após a derrota do Corinthians irritado com um episódio com o técnico Diego Aguirre, do São Paulo. O comandante corintiano se mostrou incomodado por não ter sido cumprimentado pelo uruguaio. "Dei uma dura nele sim [Diego Aguirre]. Ele passou na minha frente e não me cumprimentou. Isso me deixou muito chateado. Ele teve a cara de pau de falar que não me conheceu. Ele vai saber o tratamento que ele vai ter Arena".
Compartilhe
Getty Images
Getty Images

Escândalo de manipulação de resultados estoura no Paranaense

A maior polêmica ficou por causa de um escândalo no Campeonato Paranaense: o presidente do Rio Branco denunciou seus próprios jogadores, depois de ver o clube fazer péssima campanha no segundo turno do estadual. Conversas de WhatsApp mostram a aproximação de um apostador com o lateral Thiaguinho, tratando de oferta de valores em troca de derrotas propositais. Thiaguinho e mais dois jogadores negam terem aceito a proposta, mas o Ministério Público e o Tribunal de Justiça Desportiva irão investigar o caso.
Compartilhe
Ale Cabral/AGIF
Ale Cabral/AGIF

Lucas Lima: "Já, já me esquecem"

A vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Santos neste sábado (24), pela ida da semifinal do Campeonato Paulista, marcou o reencontro de Lucas Lima com os torcedores santistas após a transferência para o rival, no início desta temporada. No duelo, ele foi alvo de vaias e provocações, mas não se mostrou incomodado. "É normal. Já esperava isso. Mas fico feliz que a nossa equipe foi unida e fizemos um grande jogo. Daqui a pouco eles me esquecem. Vai ser sempre assim. Me concentrei ao máximo e deixei isso de lado".
Compartilhe

Atlético-PR empresta uniforme para time vítima de roubo

O Paranavaí, time da segunda divisão do Campeonato Paranaense, enfrentou o São Joseense com um uniforme e escudo diferente. Um dia antes da partida, o clube teve seu ônibus arrombado e todo o material esportivo foi furtado. O Atlético-PR, então, decidiu ajudar a equipe e emprestar seus uniformes para que pudessem entrar em campo. O Paranavaí foi derrotado por 1 a 0.
Divulgação/Audax
Divulgação/Audax

Audax vai de sensação a bi rebaixado em dois anos

Sensação do Paulista de 2016, quando foi finalista jogando um futebol de toque de bola sob o comando de Fernando Diniz, o Grêmio Osasco Audax sofreu o segundo rebaixamento seguido e foi parar na Série A-3 (equivalente à terceira divisão) do Estadual ao empatar com o Taubaté em 2 a 2 no sábado. Do time sensação de dois anos atrás, poucos conseguiram destaque em times maiores: Tchê Tchê, no Palmeiras, e Sidão, no São Paulo, são os que mais se firmaram.
Pedro Vale/AGIF
Pedro Vale/AGIF

Fred preocupa o Cruzeiro

O atacante Fred corre o risco real de não entrar mais em campo pelo Cruzeiro na temporada de 2018. O jogador se machucou aos 25 minutos da partida contra o Tupi, que terminou com a vitória por 2 a 1 e classificação celeste para a final do Mineiro. Após a partida, os médicos do clube ainda aguardavam os exames, mas já mostravam preocupação com o quadro clínico do atleta. Segundo informações antecipadas pelo Rádio Itatiaia e confirmadas pelo UOL Esporte, o camisa 9 sofreu uma ruptura do ligamento cruzado do joelho direito e precisará passar por cirurgia.
Compartilhe

Renato Gaúcho faz a alegria da criançada

Já nos vestiários do estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul, após a vitória do Grêmio por 3 a 0 sobre o Avenida neste domingo, Renato Gaúcho encontrou uma série de torcedores apaixonados pelo time e por ele, maior ídolo da história. Entre eles, duas crianças que não continham as lágrimas perto do treinador. De pronto, Renato afastou a segurança e levou ambos aos vestiários. De lá saíram com presentes. A histeria seria impedida por seguranças, era proibido torcedores naquela área do estádio. Um menino e uma menina com a camisa do Avenida começaram a chorar. Até que o treinador chamou ambos e levou aos vestiários do Grêmio.
Compartilhe

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos