20 grandes jogadores que sofreram nas mãos de Guardiola e Mourinho

Do UOL, em São Paulo

Antes de se enfrentarem no clássico de Manchester neste fim de semana, Pep Guardiola (City) e José Mourinho (United) são idolatrados por jogadores e torcedores dos clubes onde passaram. Mas como toda regra guarda sua exceção, eles também construíram desavenças em suas respectivas trajetórias. Confira a lista de 20 jogadores de alto nível que sofreram nas mãos dos treinadores mais badalados do mundo.

Os renegados de Pep

AFP
AFP

Ronaldinho Gaúcho

Logo que Guardiola assumiu o comando do Barcelona, em 2008, dispensou Ronaldinho Gaúcho, grande estrela da companhia à época.
Toni Albir/EFE
Toni Albir/EFE

Deco

Um dos pilares do Barça na "Era Ronaldinho", o meia Deco também foi liberado por Guardiola, que promoveu os meias da base do clube, como Iniesta.
Getty Images
Getty Images

Ibrahimovic

Desafeto de Guardiola até hoje, Ibrahimovic foi mais um craque que não conseguiu se firmar sob comando do técnico catalão. Pep queria o Barça à imagem e semelhança de Messi.
AP Photo/Matthias Schrader
AP Photo/Matthias Schrader

Mario Gómez

Com moral no futebol alemão, Mario Gómez nunca gozou de prestígio com Guardiola. O centroavante foi um dos primeiros alvos do catalão quando ele assumiu o comando do Bayern de Munique.
Fabrizio Bensch/Reuters
Fabrizio Bensch/Reuters

Mandzukic

Mandzukic até teve vida mais longa que Mario Gómez no Bayern de Guardiola, mas também não resistiu muito tempo ao crivo do treinador catalão.
Andreas Gebert/EFE
Andreas Gebert/EFE

Luiz Gustavo

O volante brasileiro também não teve vida longa sob comando de Guardiola. Aos poucos, perdeu espaço no elenco do Bayern e foi transferido ao Wolfsburg.
CHRISTOF STACHE/AFP
CHRISTOF STACHE/AFP

Shaqiri

Shaqiri sempre carregou o status de craque, mas não conseguiu convencer Guardiola de seu poder decisivo. O suíço não emplacou com Pep e logo deixou o Bayern.
Josep Lago/AFP
Josep Lago/AFP

Yaya Touré

Yaya Touré conhece bem o estilo de Guardiola. Com a chegada de Pep no Manchester City, ele perde espaço com o catalão pela segunda vez - não foi nem inscrito na Liga dos Campeões, por exemplo. O marfinense já havia sido preterido pelo treinador à época do Barcelona.
REUTERS/Michael Dalder
REUTERS/Michael Dalder

Joe Hart

Que Guardiola gosta de goleiros que saibam jogar com os pés, todo mundo sabe. Mas Hart sentiu isso na pele. Mesmo sendo ídolo do City, foi dispensado pelo treinador e acertou com o Torino.
Oli Scarff/AFP Photo
Oli Scarff/AFP Photo

Nasri

O meio-campista francês foi outro preterido na chegada de Guardiola ao Manchester City. Avisado que perderia espaço no clube, ele se transferiu para o Sevilla.

Os renegados de Mourinho

REUTERS/Stephen Hird
REUTERS/Stephen Hird

Verón

Quando Mourinho chegou no Chelsea após vencer a Liga dos Campeões com o Porto, Verón era uma das grandes estrelas dos Azuis. Mas o português logo o emprestou à Inter de Milão e, depois, ao Estudiantes
REUTERS/Giampiero Sposito
REUTERS/Giampiero Sposito

Crespo

Com problemas particulares na Itália, Crespo "não se criou" com Mourinho e nem conseguiu se firmar no Chelsea
AFP PHOTO/CARL DE SOUZA
AFP PHOTO/CARL DE SOUZA

Shevchenko

Contratado a peso de ouro pelo bilionário dono do Chelsea, Roman Abramovic, o atacante ucraniano Shevchenko também não conseguiu espaço no time de Mourinho, que também o emprestou.
Lee Smith/Reuters
Lee Smith/Reuters

Quaresma

Um dos destaques de Portugal no título inédito da Eurocopa em 2016, o habilidoso meia-atacante Quaresma se desentendeu com Mourinho quando o português assumiu o comando da Inter de Milão
EFE/Alberto Martín
EFE/Alberto Martín

Raúl

Um dos maiores ídolos da história do Real Madrid, o artilheiro Raúl sofreu nas mãos sob comando de Mourinho no Real Madrid. O atacante espanhol foi um dos alvos da chegada do português, deixando o clube após virar opção no banco.
Paul Hanna/Reuters
Paul Hanna/Reuters

Casillas

Capitão e titular absoluto do Real Madrid até a chegada de Mourinho, Casillas foi barrado pelo treinador português em sua passagem pelo clube Merengue
AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA
AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

Kaká

Uma das contratações mais caras da história do Real, o brasileiro Kaká também não conseguiu espaço sob comando de Mourinho. Com problemas físicos após a Copa de 2010, o melhor do mundo em 2007 não tinha a confiança do treinador português e virou reserva de luxo em Madrid.
Dresling Jens/AP
Dresling Jens/AP

David Luiz

Logo que Mourinho retornou ao Chelsea, um de seus alvos foi o brasileiro David Luiz. O zagueiro perdeu espaço na equipe e se transferiu para o PSG, à época como zagueiro mais caro da história.
Dylan Martinez/REUTERS
Dylan Martinez/REUTERS

Mata

Outro que sofreu com o retorno de Mourinho ao Chelsea foi Juan Mata. O meia espanhol foi liberado pelo treinador português, que disse não enxergar nada demais no futebol do jogador. Curiosamente, os dois voltam a se encontrar agora no Manchester United.
Jon Super/AP
Jon Super/AP

Schweinsteiger

Schweinsteiger foi a primeira "vítima" de Mourinho do Manchester United. Liberado por Pep no Bayern de Munique, o meia alemão não havia conseguido se firmar em Old Trafford devido à sequência de lesões. Assim que o português chegou, ele foi afastado do elenco principal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos