8 contratos em 12 anos: veja como o salário de Messi cresceu no Barcelona

Do UOL, em São Paulo

A renovação de contrato de Lionel Messi com o Barcelona foi uma das principais notícias do mercado mundial na última semana. O clube anunciou a ampliação do acordo que iria até 2018 para 2021. Foi a sétima renovação de contrato do argentino, que há dez anos ganhava um décimo do que ganhará a partir de agora.

Veja como foi a evolução dos contratos de Messi com o clube catalão.

Luis Bagu/Getty Images
Luis Bagu/Getty Images

Junho de 2005

Depois de fazer nove jogos pelo time principal do Barcelona aos 17 anos, Messi assinou seu primeiro vínculo profissional ao completar 18 anos. O acordo se estendia até 2010 e tinha uma cláusula rescisória de 150 milhões de euros.
Getty Images
Getty Images

Setembro de 2005

Apenas três meses depois do primeiro vínculo, o Barcelona viu crescer o interesse do rival Real Madrid e de outros grandes da Europa no argentino, que se destacara na conquista do Mundial sub-20. Assim, ofereceu um salário melhor para Messi e aumentou o vínculo até 2014.
AFP
AFP

Janeiro de 2007

Como o argentino continuou mostrando evolução em campo, o Barcelona atualizou mais uma vez o contrato, desta vez mexendo apenas nos valores. Messi passou a ganhar 3 milhões de euros anuais.
AFP PHOTO/LLUIS GENE
AFP PHOTO/LLUIS GENE

Junho de 2008

Um ano e meio depois, Messi tem seu salário mais que dobrado. Novo dono da camisa 10, até então usada por Ronaldinho Gaúcho, o argentino acerta um salário anual de 8,5 milhões de euros líquidos, com uma rescisão de 250 milhões de euros.
AP Photo/Luca Bruno
AP Photo/Luca Bruno

Setembro de 2009

Embora estivesse com contrato vigente e pouco mais de um ano com o novo salário, Messi assume o protagonismo no clube e amplia seu acordo até 2016. O salário se torna o maior do mundo no futebol, passando para 11 milhões de euros anuais.
OLIVIER MORIN/AFP
OLIVIER MORIN/AFP

Dezembro de 2012

Já o maior artilheiro da história do clube e tricampeão da Liga dos Campeões, o argentino amplia seu contrato com o Barcelona até 2018, passando a receber 16 milhões de euros anuais.
AFP PHOTO/ JOSEP LAGO
AFP PHOTO/ JOSEP LAGO

Maio de 2014

A sexta renovação do vínculo profissional acontece às vésperas da Copa do Mundo no Brasil, onde Messi foi vice-campeão. Pelo novo acordo, o término do contrato segue em 2018, mas o argentino passa a ganhar 20 milhões de euros anuais fixos, além de bônus, superando Cristiano Ronaldo. O novo vínculo gera críticas por parte de alguns dirigentes do clube.
Reprodução/Instagram/antoroccuzzo88
Reprodução/Instagram/antoroccuzzo88

Junho de 2017

Depois de muita especulação e do interesse do Chelsea, Barcelona e Messi chegam a um acordo, acertando mais três anos de contrato, agora até 2021. A nova rescisão salta para 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,1 bilhão). Segundo a mídia espanhola, o salário anual do argentino supera os 30 milhões de euros. O anúncio é feito durante as férias do camisa 10.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos