A vida depois de Messi e Suárez: como Neymar se encaixa no ataque do PSG?

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

A transferência de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain, por 222 milhões de euros, não marcou somente o negócio mais caro do futebol mundial. Também determinou o fim de um dos ataques mais devastadores da história do esporte: com Lionel Messi e Luis Suárez, o brasileiro formou o chamado "trio MSN", que anotou incríveis 298 gols em 122 jogos no time catalão.

Agora, no PSG, Neymar deixará para trás os velhos companheiros de frente, que se tornaram também amigos fora do campo, para encontrar novos parceiros. O setor de ataque do PSG não tem estrelas do calibre de Messi e Suárez, mas tem sim mais opções de qualidade – a falta de um reserva de alto nível para o ataque, aliás, foi um dos grandes pontos fracos do Barcelona na última temporada.

Esse é um problema que o técnico do PSG, Unai Emery, não vai ter. O elenco do time é repleto de boas peças ofensivas e com características variadas. Que Neymar será titular absoluto, ninguém duvida; a expectativa fica por conta de como ele vai se relacionar com os demais em campo e quem serão seus novos colegas favoritos.

Os principais "parceiros em potencial" de Neymar:

AFP PHOTO / FRANCK FIFE
AFP PHOTO / FRANCK FIFE

Edinson Cavani

Artilheiro do time na temporada passada, com 49 gols em todas as competições, Cavani é camisa 9 típico e titular incontestável. Além da excelente finalização, também se movimenta muito na frente. Sua relação com Neymar deve ser fundamental, já que uma das jogadas preferidas do brasileiro é carregar da esquerda para dentro, buscando a finalização ou a assistência. Nisso, a movimentação do centroavante é importante para puxar a marcação ou dar opção de passe - como seu compatriota Suárez cansou de fazer no Barça.
AFP PHOTO / CHRISTOPHE SIMON
AFP PHOTO / CHRISTOPHE SIMON

Ángel Di María

O argentino foi o principal assistente do PSG na última temporada, com 15 passes para gol. Pode atuar dos dois lados do ataque, mas deve ser consolidado na direita com a chegada de Neymar, que provavelmente dominará o setor esquerdo. No Barça, o brasileiro estava acostumado a se associar constantemente com Messi, que saía da direita para flutuar pelo centro. Também canhoto, Di María poderia reproduzir esse movimento - ainda mais com Daniel Alves ultrapassando constantemente na lateral - e enfiar os passes para que Neymar entre em diagonal.
Michel Euler/AP
Michel Euler/AP

Julian Draxler

O meia-atacante alemão chegou no meio da temporada passada e rapidamente conquistou vaga no time atuando pelo lado esquerdo do ataque - justamente a posição de Neymar. Portanto, Draxler deve mudar de posição, passando a jogar pela direita ou centralizado, ou então ir para o banco, caso Emery opte por três meio-campistas mais sólidos. Versátil, direto e driblador, o alemão também tem grande capacidade de assistência, o que pode contribuir para os números goleadores de Neymar.
Shaun Botterill/Getty Images
Shaun Botterill/Getty Images

Lucas Moura

Há cinco anos no PSG, o brasileiro ainda não conseguiu se firmar como titular absoluto, apesar de sempre ter momentos de brilho. Com a chegada de Neymar, a tendência é perder ainda mais espaço, que já havia sido reduzido após a compra de Draxler em janeiro. Extremamente veloz, Lucas joga quase sempre pela direita e tem entrosamento de longa data com Neymar - os dois foram campeões juntos na seleção sub-20 e mostraram ótimo entendimento em campo. Agora, já em patamares bastante diferentes, vão reeditar a parceria na França.
Divulgação/Site PSG
Divulgação/Site PSG

Hatem Ben Arfa

Jogador tão talentoso quanto inconstante, Ben Arfa deve ter pouco espaço na temporada e tem a chance até de ser negociado pelo PSG. O meia-atacante canhoto tem habilidade e visão de jogo, mas pouca intensidade e mobilidade - principalmente na hora de defender. Se ficar, pode ser utilizado como armador central em jogos específicos contra equipes mais retrancadas, e ajudar Neymar com tabelas rápidas e passes açucarados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos