Banco de luxo: 7 reservas que foram negociados por milhões

Do UOL, em São Paulo

Os valores das transferências no mercado europeu são bem distantes do que acontece no mercado brasileiro. Até mesmo reservas de clubes do continente são vendidos a milhões pelos times de lá. Já imaginou o seu time pagando R$ 290 milhões por um jogador que nem titular era em sua equipe?

Esses jogadores são diferenciados, aqueles reservas que qualquer equipe do mundo gostaria de ter, mas acabaram perdendo espaço em seus próprios clubes. Mesmo assim as equipes faturam milhões com essas peças. Morata, por exemplo, não estava nos planos de Zidane e mesmo assim o Real faturou alto com o jogador, ou  James, que mesmo emprestado ainda renderá uma boa quantia ao time espanhol.

Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Álvaro Morata para o Chelsea

Depois de uma grande temporada pela Juventus em 2016, Álvaro Morata voltou ao Real Madrid como estrela no mercado da bola e cobiçado por diversos clubes, mas nunca conseguiu se firmar na equipe de Zinedine Zidane, sendo um ?reserva de luxo?. Um ano depois de retornar ao time espanhol, o jogador deixou o Real por nada menos que 80 milhões de euros (R$ 290 milhões).
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Danilo para o Manchester City

O brasileiro Danilo foi vendido ao Manchester City por nada menos que 30 milhões de euros (R$ 109,9 milhões). Pedido por Pep Guardiola, o lateral-direito não tinha grande espaço no Real Madrid e não era titular do técnico Zinedine Zidane.
Divulgação
Divulgação

Douglas Costa para a Juventus

Douglas Costa não era unanimidade no Bayern de Munique e deixou o clube por meio de empréstimo rumo a Juventus. O brasileiro tem contrato com a Juve de um ano, mas a equipe italiana têm opção de compra do jogador e o preço não é dos mais baratos: 40 milhões de euros (R$ 148 milhões).
Andreas Gebert/Reuters
Andreas Gebert/Reuters

James Rodriguez para o Bayern de Munique

James Rodriguez viveu uma de suas piores temporadas no Real Madrid. Amargou a reserva do time de Zidane e ainda conviveu com diversas polêmicas ao seu redor sobre sua relação com o treinador francês. O reserva do Real é o maior reforço do Bayern de Munique para a temporada. O jogador chega ao clube espanhol por empréstimo de dois anos que custarão 10 milhões de euros (R$ 36,6 milhões). Os alemães tem opção de compra. É só pagarem 60 milhões de euros (R$ 219 milhões), de acordo com a imprensa espanhola.
REUTERS/Paul Hanna
REUTERS/Paul Hanna

Theo Hernandez para o Real Madrid

Theo Hernandez fez uma temporada pelo Alavés, mas não tem espaço no Atlético de Madri. Mesmo descartado pelo clube, foi negociado com o Real Madrid por nada menos que 30 milhões de euros (R$ 109,9 milhões). O detalhe é que será difícil ser titular no time de Zidane, que tem Marcelo na lateral esquerda.
Reprodução
Reprodução

Leandro Paredes para o Zenit

Leandro Paredes era reserva na Roma e foi emprestado pelo clube em duas ocasiões ? para o Boca Juniors e para o Empoli. Voltou ao time em 2016, mas não conseguiu se firmar. Agora, foi vendido por nada menos que 23 milhões de euros (R$ 84 milhões) ao Zenit onde já é titular na pré-temporada da equipe russa.
Divulgação/Manchester City
Divulgação/Manchester City

Kyle Walker para o Manchester City

Foi comprado pelo Manchester City por nada menos que 51 milhões de euros (R$ 186 milhões), mas o lateral direito não era mais titular do Tottenham e pior ainda: perdeu a vaga na equipe para Kieran Trippier, formado na base do City.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos