Brasileiros pelo mundo: Gabigol é comparado a Ronaldo após gol, já Ganso...

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Gabigol foi a grande notícia para o futebol brasileiro no último fim de semana. Contratado pela Inter de Milão depois do ouro olímpico, o jogador revelado pelo Santos ainda tem sido reserva na equipe italiana, mas ao menos desencantou: entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Bologna, no último domingo (20).

O gol foi uma demonstração de como é curta a distância entre pressão e euforia no futebol. Após ter balançado as redes, Gabigol já foi comparado pela imprensa italiana ao compatriota Ronaldo, cujo primeiro gol com a camisa da Inter de Milão também aconteceu contra o Bologna.

Se Gabigol espantou a má fase, outro ex-santista continua em um calvário na Europa. Mesmo sem estar em campo, Paulo Henrique Ganso acabou levando um "puxão de orelha" do técnico Jorge Sampaoli, durante coletiva do treinador.

Foram bem

Filippo Monteforte;/AFP
Filippo Monteforte;/AFP

Gabigol (Inter de Milão)

Contratado pela Inter em 2016, o brasileiro Gabigol finalmente justificou o apelido. O jogador revelado pelo Santos fez seu primeiro gol em partida oficial com a camisa da equipe de Milão e definiu a vitória por 1 a 0 sobre o Bologna, no último domingo (19). Com isso, seguindo uma tradição da equipe, teve de bancar um jantar para o elenco e escolheu até o menu: espaguete à carbonara.
Manu Fernandez / AP
Manu Fernandez / AP

Gabriel Pires (Leganés)

Você sabe quem é Gabriel Pires? O Barcelona conheceu no último domingo (19). O meio-campista de 23 anos, revelado pelo Resende-RJ, foi um dos destaques do Leganés em jogo contra os catalães. Correu o campo todo, mostrou domínio de fundamentos e quase fez um gol de peito no goleiro Ter Stegen. Nem a derrota por 2 a 1 ofuscou o desempenho do brasileiro.
Divulgação
Divulgação

Andreas Pereira (Granada)

Pouco conhecido no Brasil, o meia Andreas Pereira, emprestado pelo Manchester United ao Granada, foi um dos destaques da 23ª rodada do Campeonato Espanhol. Além de ter jogado bem, anotou o terceiro gol em vitória por 4 a 1 sobre o Betis - o gol de honra da equipe de Sevilha, marcado por Petros, também foi brasileiro.
Divulgação / Mamelodi Sundowns
Divulgação / Mamelodi Sundowns

Ricardo Nascimento (Mamelodi Sundowns)

Um gol brasileiro decidiu a Supercopa da África. Ricardo Nascimento converteu uma cobrança de pênalti aos 38min do segundo tempo da decisão e deu ao Mamelodi Sundowns, da África do Sul, uma vitória por 1 a 0 sobre o Mazembe (Congo), algoz do Internacional no Mundial de 2010.

Foram mal

Aitor Alcalde Colomer/Getty Images
Aitor Alcalde Colomer/Getty Images

Ganso (Sevilla)

Ganso não foi sequer relacionado para o jogo entre Sevilla e Eibar, no último sábado (18), mas isso não encerra a jornada ruim do brasileiro. O meio-campista ainda foi cobrado pelo técnico do time espanhol, Jorge Sampaoli, em entrevista coletiva. O comandante admitiu que o brasileiro tem demorado um pouco para entrar em sintonia com o restante do elenco.
YANN COATSALIOU/AFP PHOTO
YANN COATSALIOU/AFP PHOTO

Boschillia (Monaco)

Revelado pelo São Paulo, Gabriel Boschilia vinha sendo um dos destaques do Monaco. No entanto, a ascensão do brasileiro foi interrompida em goleada sobre o Metz: ele sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito e vai perder o restante da temporada.
Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Rafinha (Barcelona)

Reserva na derrota por 4 a 0 para o Paris Saint-Germain e titular na vitória por 2 a 1 sobre o Leganés, Rafinha esteve longe de encantar. Mais do que isso, o meio-campista do Barcelona entrou no meio de uma polêmica. Em meio a uma fase ruim da equipe, afinal, o setor em que ele atua tem sido o mais criticado por torcida e imprensa na Catalunha.
AFP PHOTO / PHILIPPE DESMAZES
AFP PHOTO / PHILIPPE DESMAZES

Thiago Silva (Paris Saint-Germain)

Lesionado, Thiago Silva perdeu os jogos contra Barcelona (pela Liga dos Campeões da Uefa) e Toulouse (pelo Campeonato Francês). Além disso, tornou-se personagem de uma reportagem negativa do jornal "L'Equipe". Segundo o periódico, o afastamento do jogador aconteceu depois de ele ter ficado paralisado pela proximidade de uma fase mais aguda da temporada e que a questão com ele é psicológica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos