Brasileiros pelo mundo: Marcelo vacila e goleiro de Tite tem lesão no rosto

Do UOL, em São Paulo

  • LEE SMITH/Action Images via Reuters

    Goleiro Ederson levou chute de Mané e foi levado de maca para o vestiário

    Goleiro Ederson levou chute de Mané e foi levado de maca para o vestiário

Para o bem e para o mal, os jogadores brasileiros estiveram em destaque no fim de semana que passou. Da Inglaterra à China, os representantes do país anotaram gols e lideraram seus times, mas também pisaram na bola.

Em foco, alguns jogadores importantes da seleção de Tite. Enquanto os atacantes Neymar e Gabriel Jesus foram bem, Marcelo viveu uma partida para esquecer na Espanha e o goleiro Ederson teve muito azar em lance ríspido de jogo na Premier League.

Veja, abaixo, quem brilhou e quem se deu mal entre os "Brasileiros pelo Mundo":

Em alta

Neymar (PSG)

Depois de defender a seleção brasileira nas eliminatórias com atuações contestadas, o atacante reencontrou o melhor futebol. Neymar fez um e deu passe para outro na goleada de 5 a 1 do PSG sobre o Metz, na última sexta-feira, pelo Campeonato Francês. De mais positivo, a estrela de 222 milhões de euros mostrou bom entendimento em seu primeiro jogo ao lado do companheiro Kylian Mbappé, novo reforço do time. O entrosamento dos dois com o uruguaio Cavani já se mostrou bastante promissor em apenas uma partida.
Compartilhe

Marlon (Nice)

Apesar de um carrinho "pastelão" no árbitro do jogo (no vídeo acima), o defensor brasileiro teve atuação destacada para conter Falcao García e companhia no confronto entre Nice e Monaco, pelo Campeonato Francês, no último sábado. O time de Marlon venceu pelo placar de 4 a 0, contando com dois gols do italiano Mario Balotelli.
Reprodução
Reprodução

Ricardo Goulart e Alan (Guangzhou Evergrande)

A dupla brasileira liderou o Guangzhou Evergrande na vitória por 3 a 1 sobre o Yatai, na sexta-feira, pelo Campeonato Chinês - foi o quinto triunfo seguido do time. Ricardo Goulart marcou duas vezes, enquanto que Alan anotou uma vez. Com o resultado, o time comandado por Luiz Felipe Scolari segue com boa folga na liderança, a seis rodadas do encerramento. O Evergrande soma 56 pontos, com 18 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

Romarinho (Al-Jazira)

O ex-corintiano fez sua estreia pelo Al-Jazira, nos Emirados Árabes, na última sexta-feira. E o meia-atacante brasileiro mostrou que preserva o faro de artilheiro por outros clubes. Foi de Romarinho o gol no empate em 1 a 1 com o Al Dhafra, fora de casa, em confronto pela Copa Emirados.

Em baixa

Ederson (Manchester City)

O goleiro convocado recentemente por Tite não foi propriamente mal, mas teve uma partida para esquecer no sábado. Apesar da chuva de gols na vitória por 5 a 0 sobre o Liverpool, o lance mais marcante da partida foi a falta de Sadio Mané, que tirou Ederson de campo. O brasileiro deixou o jogo com o rosto bastante machucado após o choque com a chuteira do jogador senegalês, mas depois publicou na web que está bem. A jogada rendeu o cartão vermelho ao atacante adversário.
Compartilhe

Marcelo (Real Madrid)

Um sábado infeliz para o Real Madrid, que ficou apenas no empate em casa com o Levante, por 1 a 1. De quebra, os atuais campeões perderam Marcelo, que recebeu cartão vermelho após acertar um chute em Lerma. O árbitro Alejandro Hernández colocou na súmula que o brasileiro foi expulso por "chutar as costas do adversário quando a bola não estava perto da jogada". Se o lance for interpretado como agressão clara, o lateral pode ser enquadrado no artigo 98 do Código Disciplinar da Federação Espanhola e receber suspensão de quatro a 12 partidas.
Compartilhe
AFP PHOTO / PATRICK HERTZOG
AFP PHOTO / PATRICK HERTZOG

Thiago Maia (Lille)

Escalado como lateral esquerdo, o volante de origem encontrou bastante dificuldade em conter o compatriota Malcom e acabou expulso ainda no primeiro tempo do duelo entre Lille e Bordeaux, na sexta-feira, pelo Campeonato Francês. O ex-santista tomou cartões amarelo e vermelho e deixou a partida aos 32 minutos da etapa inicial. Mesmo com um a menos, o time do técnico Marcelo Bielsa segurou o empate por 0 a 0.
Divulgação/Benfica
Divulgação/Benfica

Gabriel Barbosa (Benfica)

Relacionado pela primeira vez pelo técnico Rui Vitória, o atacante brasileiro ficou o tempo todo no banco de reservas na dramática vitória do Benfica por 2 a 1 sobre o Portimonense. O confronto válido pelo Campeonato Português aconteceu na última sexta-feira, em Lisboa. O treinador "encarnado" realizou as três substituições que tinha direito para tentar melhorar o time no segundo tempo, mas sem chances para Gabigol. Entraram Salvio, Filipe Augusto e Raúl Jiménez.
Compartilhe

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos