Topo

Futebol


Brasileiros pelo mundo: Oscar e Gil brilham na China com gols em vitórias

DO UOL, em São Paulo

2019-05-27T04:00:00

27/05/2019 04h00

Com o fim da maior parte dos campeonatos europeus, os jogadores brasileiros que atuam no futebol chinês foram os maiores protagonistas do fim de semana. O meio-campista Oscar e o zagueiro Gil, que é um dos sonhos do Corinthians, brilharam a ajudaram suas equipes - o Shanghai SIPG e o Shandong Luneng, respectivamente.

O atacante Alex Teixeira também foi às redes, mas não evitou a derrota do Jiangsu Suning. Na Europa, o volante Arthur não conseguiu repetir as boas atuações no começo da trajetória pelo Barcelona e viu a equipe catalã perder a final da Copa do Rei para o Valencia. O meia Philippe Coutinho também não conseguiu se destacar e evitar o revés.

Foram bem

  • Oscar (Shanghai SIPG)

    O meio-campista foi decisivo na vitória do Shanghai SIPG por 2 a 1 sobre Beijing Guoan. No confronto entre líder e segundo colocado, Oscar abriu o placar aos 28 minutos depois de receber um passe de Hulk, tirar a marcação e chutar forte. Na etapa final, depois de o Beijing empatar a partida, o ex-jogador do Chelsea cobrou falta com precisão para Cai Huikang recolocar o Shanghai SIPG na frente. Com o resultado, a equipe de Oscar ficou a dois pontos do Beijing.

  • Alex Teixeira (Jiangsu Suning)

    O atacante de 29 anos marcou o nono gol na temporada durante a partida contra o Hebei, que virou o confronto de forma heroica. O Jiangsu Suning abriu 2 a 0 - no segundo gol, aos 13 da etapa inicial, Alex Teixeira recebeu cruzamento pela esquerda, saiu de dois marcadores e tocou para o fundo da meta. O Hebei, porém, fez três gols ainda nos primeiros 45 minutos do jogo. Apesar do revés, a equipe do brasileiro ocupa a sexta posição.

  • Gil (Shandong Luneng)

    O zagueiro ex-Corinthians continua em boa fase no futebol da China. Dessa vez, Gil marcou o segundo gol do Shandong Luneng na partida contra o Guangzhou R&F, quando o duelo estava empatado por 1 a 1. O brasileiro foi às redes aos 16 minutos da etapa final. O Shandong, quarto colocado na tabela, ainda fez o terceiro gol na partida.

Foram mal

  • Arthur (Barcelona)

    O volante brasileiro, que disputará a Copa América pela seleção brasileira, teve atuação discreta na derrota do Barcelona por 2 a 1 para o Sevilla na final da Copa do Rei. O time catalão sofreu dois gols no primeiro tempo. No intervalo, o técnico Ernesto Valverde colou o chileno Vidal na vaga do ex-gremista, que não tem conseguido repetir as boas atuações do começo da trajetória no Barcelona. Leia mais

  • Philippe Coutinho (Barcelona)

    O meio-campista manteve o desempenho ruim dos últimos meses na final da Copa do Rei. Apagado, o brasileiro voltou a receber críticas da imprensa local. O jornal "Mundo Deportivo" disse que o Coutinho "voltou a desaparecer" em mais uma "atuação decepcionante", além de ter sido "o jogador da equipe que menos deu passes e o que menos tocou na bola". Leia mais

Mais Futebol