Inglês 2016/17

De David Luiz a D. Costa: campanha do Chelsea é lotada de recordes pessoais

Bruno Doro

Do UOL, em São Paulo

  • Richard Heathcote/Getty Images

O Chelsea tem mais cinco rodadas até o fim do Campeonato Inglês. A vantagem que já teve dois dígitos hoje é de apenas quatro pontos (para o Tottenham). Mesmo assim, o clube londrino é o grande favorito para o título. Pudera: o número de recordes que Antonio Conte e seus jogadores estão acumulando é impressionante.

Reuters / Carl Recine
Reuters / Carl Recine

David Luiz: temporada com menos erros da carreira

Ninguém duvida do talento do zagueiro brasileiro, mas sua afobação sempre foi um problema para analistas e torcedores. A primeira passagem de David Luiz pelo Chelsea foi marcada por erros defensivos e, quando ele voltou para Stamford Bridge, muitos torceram o nariz. Mas o serviço de estatísticas Squawka deu uma olhada nos números e descobriu que, no sistema de três zagueiros de Conte, o brasileiro faz sua melhor temporada da carreira na Europa em erros defensivos. Sua média atual é de 0,03 erros por jogo. Na temporada passada, pelo PSG, o número era muito maior, chegando a 0,16 por partida.
Reuters / Peter Nicholls
Reuters / Peter Nicholls

Eden Hazard: mais gols pelo Chelsea

O atacante é a estrela do elenco do Chelsea desde que chegou ao clube, mas a chegada de Conte, a adoção do esquema com três zagueiros e o crescimento de jogadores como Moses, Alonso e, principalmente, Kanté deixou o belga em segundo plano. Provavelmente é por isso que pouca gente deu muita importância para o recorde de Hazard: com 15 gols no Campeonato Inglês, essa já é a sua temporada mais artilheira com a camisa azul. Ele só marcou mais gols em um mesmo campeonato em 2012, no Campeonato Francês, pelo Lille.
John Sibley / REUTERS
John Sibley / REUTERS

Gary Cahill: mais um recorde de gols

A história do zagueiro inglês na temporada reúne aspectos da ressureição de David Luiz e da fase artilheira de Hazard. Primeiro, ele também voltou a jogar bem com o sistema de três zagueiros - sua temporada 15/16, por exemplo, foi cheia de falhas. Depois, ele passou a marcar mais gols do que estava acostumado. Com um gol contra o Southampton, ele chegou a cinco na temporada - igualando o que fez em 2009/2010, quando ainda estava no Bolton.
GLYN KIRK/AFP
GLYN KIRK/AFP

Cesc Fabregas: 2º maior assistente da Premier League

Até mesmo um meio-campista que só virou titular na segunda metade da temporada conseguiu entrar na lista de recordistas. Fabregas, que quase saiu do clube no meio da temporada, deu um passe para gol nos 4 a 2 sobre o Southampton - um cruzamento que Diego Costa completou. Foi a sua 103ª assistência em jogos da Premier League (incluindo a passagem pelo Arsenal), igualando os números de Frank Lampard. Só o galês Ryan Giggs, ex-Manchester United, tem mais passes para gol, com 162.
Peter Nicholls/REUTERS
Peter Nicholls/REUTERS

Diego Costa supera números de Suarez

O brasileiro naturalizado espanhol não bateu um recorde, mas atingiu uma marca importante. Lembra do passe de Fabregas para o seu gol na última rodada? Foi o 19º gol de Diego Costa no campeonato - o que o coloca ao lado de Alexis Sanchez (Arsenal) e só atrás de Harry Kane (Tottenham) e Lukaku (Everton) na tabela de artilheiros. O número mais importante, porém, é 50. Foi o seu 50º gol na Premier League, em 85 jogos. Luis Suárez, então no Liverpool, precisou de uma partida a mais para atingir essa marca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos