Topo

Esporte


Cristiano Ronaldo é acusado de estupro? UOL responde dúvidas sobre o craque

Marco Bertorello / AFP
Imagem: Marco Bertorello / AFP

Do UOL, em São Paulo

17/07/2019 04h00

Cristiano Ronaldo é acusado de estupro? É verdade que ele salvou a vida do irmão? Se você é fã do craque português, mas ainda tem alguma dúvida sobre ele, confira estas informações.

O UOL Esporte separou algumas respostas para questionamentos frequentes sobre o jogador da Juventus: tudo que você sempre quis saber sobre ele, mas não tinha para quem perguntar.

  • reprodução/Instagram

    Quantos anos tem o craque?

    34 anos (completados em 5 de fevereiro de 2019).

  • reprodução/Instagram

    Quantos filhos ele tem?

    São quatro crianças: Cristiano Ronaldo Jr., os gêmeos Eva Maria e Mateo Ronaldo, e a pequena Alana Martina.

  • GABRIEL BOUYS

    Cristiano Ronaldo Jr. seguirá os passos do pai?

    O menino de nove anos está nas categorias de base da Juventus, clube que o pai atualmente defende na Itália, e já andou até imitando os chutes de bicicleta do pai. Futuramente, ele pode até optar por não seguir no futebol, mas o DNA está ali.

  • Jesus Hellin/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

    Mas ele é casado?

    Ainda não, mas Cristiano namora Georgina Rodriguez, com quem teve a filha Alana. Em fevereiro de 2019, ela negou os rumores de que estaria noiva do craque.

  • Franck FAUGERE/AFP PHOTO/L'EQUIPE

    Quantas vezes CR7 foi eleito melhor do mundo?

    Foram cinco vezes. Três pela revista France Football, com a Bola de Ouro (2008, 2016 e 2017), e duas pela Fifa (2013 e 2014).

  • PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

    E quantas vezes foi campeão por Portugal?

    Cristiano Ronaldo tem dois títulos pela seleção de seu país: a Eurocopa de 2016, e a Liga das Nações da temporada 2018/2019. Mas ele passou perto da taça na Copa das Confederações de 2017, na qual ficou em terceiro lugar, e até na Copa do Mundo de 2006, eliminado na semifinal.

  • Reprodução

    Cristiano Ronaldo sempre foi galã?

    Nem sempre... Quando começou a carreira no Sporting, a aparência do craque ainda não gerava tantos elogios.

  • false

    Destro ou canhoto?

    A perna direita é a sua preferida, mas o craque é ambidestro - ou seja, capaz de usar a esquerda de forma eficiente também. E não é de hoje que ele manda bem nas finalizações de bicicleta.

  • Gabriel Bouys/AFP

    Ele foi condenado por estupro?

    Não. Kathryn Mayorga o acusou de tê-la estuprado em Las Vegas, nos Estados Unidos, em 2009. O caso foi reaberto em 2018, mas, em julho de 2019, o promotor Steven B. Wolfson anunciou que não indiciaria Cristiano Ronaldo pelo suposto crime. A interpretação é de que a acusação não poderia mais ser provada, já que 10 anos se passaram desde então.

    Ela e Cristiano Ronaldo teriam chegado a um entendimento em 2010, mas os advogados de Kathryn alegaram que o português teria descumprido parte do acordo, que foi, então, anulado. A mulher diz que o movimento feminista "Me Too" ("Eu Também"), movido por celebridades de Hollywood contra poderosos homens abusadores da indústria, a motivou a tornar a história pública em 2018. Porém, nada foi provado.

  • Massimo Pinca/Reuters

    Como é a relação do craque com a família?

    A mãe, Dolores, o idolatra. Em entrevista publicada pelo jornal espanhol Mundo Deportivo no ano passado, ela disse que o nascimento de Cristiano "foi como um pequeno Jesus Cristo chegando à nossa casa". Ela admite que não planejou engravidar, cogitou interromper a gestação, mas acabou tendo o filho. "Muitas vezes ele brinca e diz: 'Você não queria que eu nascesse, mas agora vê que eu estou aqui para ajudar todo mundo'. É preciso rir disso", escreveu ela no livro "Mãe Coragem".

    O camisa 7 da Juventus realmente ajuda os entes queridos. O irmão mais velho do craque, Hugo, chegou a trilhar o mesmo caminho de autodestruição que tirou a vida do pai deles: o alcoolismo e o uso de drogas. Mas Cristiano, então com 16 anos de idade, pagou pela reabilitação do irmão com o salário que recebia do Sporting, de Portugal.

    Ele prometeu que conquistaria títulos por Hugo, mas exigiu algo em troca. O irmão mais velho teria de parar de beber. Até hoje, Cristiano Ronaldo alega não consumir bebidas alcoólicas - a derrocada de seu pai, Dinis, foi o combustível do menino que viria a ser um dos maiores atletas da história.

Mais Esporte