De Rooney a Borja, quem pode movimentar o mercado no último dia da janela?

Do UOL, em São Paulo

O que o fechamento da janela de transferências do futebol europeu reserva para o seu último dia? Se você achou o período de contratações de jogadores do meio de temporada morno, não se preocupe. O último dia (o fechamento está marcado para o fim desta terça-feira, com horários variando de acordo com o fuso-horário de cada país) chegou e alguns grandes nomes ainda podem trocar de time.

REUTERS/Andrea Comas
REUTERS/Andrea Comas

Morata (Real Madrid)

O atacante era um dos destaques da Juventus no Campeonato Italiano quando foi recomprado pelo Real Madrid no início da temporada. Esportivamente, o negócio não fazia muito sentido: o time de Madri já tinha Benzema para a posição e o trio BBC (Cristiano Ronaldo e Bale) estava consolidado. Morata nunca conseguiu chegar a ser titular do técnico Zinedine Zidane e, após seis meses, já começam a aparecer indícios de insatisfação. Tanto que o jogador está sendo ligado a times ingleses, como Chelsea e Arsenal.
Reprodução/Twitter Manchester United
Reprodução/Twitter Manchester United

Wayne Rooney (Manchester United)

Nos últimos dias, a temperatura dos rumores envolvendo o capitão do Manchester e da seleção inglesa só aumentou. E, ao contrário dos outros nomes dessa lista, pode continuar envolvido em boatos por mais um mês. O atacante é alvo do mercado chinês (sem clube interessado anunciado), que só fecha no dia 28 de fevereiro. E o interesse é grande. Primeiro porque o jogador não é mais titular do Manchester United. Depois, porque, aos 31 anos, ele pode se tornar o jogador mais bem pago do planeta, recebendo 4 milhões de libras por semana, o equivalente a quase R$ 560 mil por dia...
Marco Bertorello/AFP
Marco Bertorello/AFP

Joe Hart (Torino)

O goleiro inglês deixou o Manchester City no início da temporada, quando o técnico Pep Guardiola contratou o chileno Claudio Bravo e o fez seu novo titular absoluto. Emprestado ao Torino, Hart não brilhou tanto, mas segue chamando atenção em seu país natal. Na Inglaterra, os rumores envolvem o Liverpool e a má fase do time de Jurgen Klopp pode agilizar a negociação: o time do norte da Inglaterra só venceu uma vez em 2017. Um negócio, porém, pode esbarrar justamente no empréstimo para o Torino, até o meio do ano.
Alastair Grant / AP
Alastair Grant / AP

Fabregas (Chelsea)

Quando Antonio Conte encontrou sua formação ideal no Chelsea e o espanhol Fabregas não aparecia entre os titulares, os rumores de sua saída do time de Londres logo apareceram. Primeiro, claro, vincularam o nome aos chineses - que já tinham tirado o brasileiro Oscar do elenco azul. Agora, ele está sendo ligado ao Milan. O time italiano está, mais uma vez, em transformação. Saíram Niang (Watford) e Luiz Adriano (Spartak Moscou), chegaram Deulofeu (Everton) e Ocampos (Genoa). O espanhol, porém, poderia representar uma mudança real de patamar para a equipe. Será que os ingleses vão aceitar emprestá-lo?
Alessandro Di Marco/ANSA via AP
Alessandro Di Marco/ANSA via AP

Hernanes (Juventus)

O ex-jogador do São Paulo brilhou na Lazio, foi bem na Inter de Milão e não conseguiu se encontrar na Juventus. Hoje reserva do time, que contratou o venezuelano Rincón para sua posição, ele está sendo ligado a outros times italianos no mercado. O Genoa, justamente o time que vendeu Rincón para a Juve, é um dos interessados.
Rex Shutterstock/Zumapress
Rex Shutterstock/Zumapress

Ganso (Sevilla)

O negócio não parece dos mais prováveis, mas enquanto a janela de transferências estiver aberta, Paulo Henrique Ganso deverá ser envolvido em rumores de transferência. Após sofrer em seus primeiros seis meses no Sevilla, o meia já foi envolvido em sondagens de clubes da Turquia e até uma troca com o Valencia foi cogitada. O técnico Jorge Sampaoli segurou o brasileiro, dando um voto de confiança. O real motivo da permanência, porém, pode ser outro: o time pagou 9,5 milhões de euros pelo atleta e só aceita deixa-lo sair se recuperar o investimento.
Divulgação/Inter de Milão
Divulgação/Inter de Milão

Gabigol (Inter de Milão)

A dificuldade de adaptação do ex-atacante do Santos ao futebol europeu foi muito comentada e Gabigol já virou até piada para a imprensa italiana. Além disso, a fase da Inter de Milão virou e o time que caia pelas tabelas no início da temporada venceu suas últimas nove partidas e já é o quarto colocado do Italiano. Tudo isso, com pouca participação do brasileiro, que só entrou em campo cinco vezes desde a saída do Santos, jogando só uma partida como titular. Esse cenário faz com que uma saída do jogador seja possível, por empréstimo. Times da Espanha já mostraram interesse e a imprensa até mesmo especulou o atacante no Liverpool - o mesmo time que tirou Philippe Coutinho da Inter e o transformou em estrela.
RAUL ARBOLEDA/AFP
RAUL ARBOLEDA/AFP

Miguel Borja (Atlético Nacional)

O destaque da Copa Libertadores (e alvo do Palmeiras) está para sair do Atlético Nacional há meses, mas nada aconteceu. Ainda. Segundo jornais colombianos, times italianos são os mais interessados - uma proposta do Genoa chegou e já circularam boatos de que Napoli (que já contratou um centroavante na janela) poderia entrar no negócio. O grande impedimento é o preço de 15 milhões de euros pedido pelos colombianos. Caso Borja siga na Colômbia após esta terça-feira, será que o Palmeiras pode voltar à carga?
LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Luan (Grêmio)

Os torcedores gremistas olham para o prazo de fechamento da janela com interesse. Nesta semana, o clube já perdeu o volante Wallace, vendido para o Hamburgo. O próximo alvo dentro do elenco é o atacante Luan, campeão olímpico com a seleção brasileira. O atacante já foi ligado a grandes clubes, como Liverpool, Manchester United e até Barcelona, mas os boatos se acalmaram nas últimas semanas. Para os gremistas, porém, as notícias não são assim tão boas, já que times da China também olham para ele com interesse.
Rivaldo Gomes/Folhapress
Rivaldo Gomes/Folhapress

Jovens do São Paulo

Os clubes europeus resolveram mirar as categorias de base do São Paulo. Após ter uma oferta rejeitada, o Ajax aumentou o valor a ser pago por David Neres de 10 milhões para 15 milhões de euros (R$ 50,4 milhões) por 80% dos direitos do meio-atacante e levou o atacante. Não é o único assediado. A Juventus ofereceu R$ 16,7 milhões por 80% dos direitos do zagueiro Lyanco e o Lille, da França, 19,8 milhões pelo atacante Luiz Araújo - essa oferta também foi rejeitada, mas os franceses podem subir o negócio para R$ 23,1 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos