Início difícil, eliminações e mudanças: Cuca completa 50 dias no Palmeiras

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Cuca realizou o sonho antigo de comandar o time do Palmeiras ao acertar com o clube alviverde no dia 14 de março. Depois de 50 dias no cargo, o treinador acumula experiências, decepções e mudanças profundas dentro e fora de campo.

Com Cuca à frente do time, o Palmeiras foi eliminado duas vezes, na Libertadores e no Paulistão, mesmo depois de uma tentativa frustrada de recuperação a curto prazo. O trabalho, porém, não se restringiu somente às notícias ruins. 

O Palmeiras de Cuca venceu, por exemplo, o Corinthians em um jogo marcado por emoções, com direito a uma defesa de Prass em pênalti de Lucca e gol de Dudu no lance seguinte ao milagre do goleiro. 

Fora de campo, com tempo para trabalhar, o treinador comanda uma reformulação do elenco palmeirense. Desde o começo de abril. dois jogadores foram contratados (Róger Guedes e Danilo Tche Tche). Além disso, quatro deixaram o clube: Lucas Taylor, Nathan, Victor Luis e Fellype Gabriel.

Cuca ainda idealizou uma troca dupla com o Cruzeiro. O Palmeiras recebeu o lateral Fabiano e o meia Fabrício, enquanto o Cruzeiro passou a contar com Lucas e Robinho, campeões da Copa do Brasil em dezembro passado.

O treinador comandou o Palmeiras em 11 partidas em 50 dias, com cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas. O ataque marcou 20 gols e a defesa levou 15. A equipe está invicta há sete jogos e volta a campo no próximo dia 14, na estreia do Brasileirão, diante do Atlético-PR, no Allianz Parque.

Principais momentos de Cuca no Palmeiras

Matilde Campodonico/AP
Matilde Campodonico/AP

Estreia com derrota em Montevidéu

Cuca estreou como treinador apenas três dias depois da apresentação. E teve um desafio grande: conseguir pelo menos um empate diante do Nacional, em Montevidéu. O técnico fez mudanças na equipe, mas não evitou a derrota por 1 a 0, com um gol sofrido no segundo tempo.
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Goleada para o Água Santa no quarto revés seguido

Depois de perder duas partidas consecutivas, para Osasco Audax e Red Bull Brasil (ambas por 2 a 1), o Palmeiras de Cuca foi derrotado por 4 a 1 pelo Água Santa, time que depois foi rebaixado no Paulistão. Após a partida, o treinador falou sobre a situação: "Tomara que tenha chegado no fundo do poço, porque de lá não passa."
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

A primeira vitória como técnico do clube

Pressionado pelos torcedores, o Palmeiras recebeu o Rio Claro no Pacaembu e conseguiu vencer por 3 a 0. Após a primeira vitória no comando do time alviverde, Cuca reclamou da sequência de partidas. "Cheguei não faz nem 15 dias e já fiz cinco jogos, não tem tempo para treinar", disse.
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Triunfo sobre o Corinthians no Pacaembu

Três dias depois de bater o Rio Claro, o Palmeiras enfrentou o Corinthians como mandante no Pacaembu. No jogo, a equipe de Cuca passou apuros (Prass defendeu um pênalti de Lucca), mas conseguiu vencer. Dudu, que entrou em campo no segundo tempo, marcou o único gol do clássico.
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Queda na Libertadores mesmo com goleada

Cuca mudou o esquema tático para a partida contra o Rosario Central, na Argentina. Com três zagueiros, o Palmeiras arrancou um empate por 3 a 3 e levou a decisão da vaga nas oitavas da Libertadores para o último jogo da fase de grupos. No Allianz Parque, o time fez 4 a o no River Plate-URU, mas acabou eliminado por causa da vitória argentina sobre o Nacional-URU.
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Eliminação para o Santos na semifinal do Paulista

Ao Palmeiras de Cuca restou o Campeonato Paulista. A equipe derrotou o São Bernardo nas quartas de final ao fazer 2 a 0 em casa. Depois, mediu forças com o Santos na Vila Belmiro por uma vaga na decisão. Mesmo com uma recuperação improvável, empatando o jogo com dois gols em dois minutos, o time alviverde foi eliminado nos pênaltis.
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Remontagem do elenco antes do Brasileirão

Na segunda entrevista após a queda no estadual, Cuca lamentou o resultado na Vila, mas ressaltou a importância do período de 19 dias sem jogos. Nesse tempo, segundo ele, o Palmeiras fará uma preparação intensa para o Brasileirão, com trabalhos táticos, físicos e técnicos. O treinador ainda comanda uma remontagem no elenco. A ideia é deixá-lo enxuto, com no máximo 30 jogadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos