Paulista 2018

Jailson não está só: 10 craques que defenderam o rival do time dos pais

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

A mãe do goleiro Jailson virou personagem do clássico entre Corinthians e Palmeiras. Torcedora alvinegra, ela não conseguiu comemorar o gol do seu time: "Quase deu uma facada no meu peito na hora que ele tomou o gol. Não deu, eu chorei". Ela não é a única que fica com o coração dividido ao ver o filho em campo: 

Daniel Vorley/AGIF
Daniel Vorley/AGIF

1

Jadson

O meia do Corinthians não esconde que o seu pai, Ismael da Silva, torce para o Santos. Já a irmã Mayara sempre foi corintiana. E comemorou quando Jadson trocou o São Paulo pelo Corinthians: "Ele puxou pro lado do meu pai, torcia pro Santos, mas agora todo mundo virou a casaca em casa e virou corintiano".
EFE/Franck Robichon
EFE/Franck Robichon

2

Alexandre Pato

O atacante foi revelado pelo Internacional, time que defendeu por sete anos. Foi até campeão mundial com a camisa colorada. Mas, na infância, ele torcia para o Grêmio. O pai dele, Gerardo Rodrigues, é gremista de coração.
Reprodução
Reprodução

3

Neymar

Ídolo do Santos, o craque torcia para o Palmeiras na infância graças à influência do pai, Neymar da Silva. Na epoca, ele era funcionário da CET de Santos e costumava levar o filho às peladas da firma, sempre com o uniforme alviverde.
Antônio Gaudério/Folhapress
Antônio Gaudério/Folhapress

4

Robinho

Gilvan de Souza, pai do atacante, viu o filho ser campeão brasileiro pela primeira vez justamente contra o seu time, o Corinthians. Em 2002, Robinho foi o grande nome da decisão e manteve ótimo retrospecto contra o time do pai ao longo da carreira.
Marcelo Sadio/vasco.com.br
Marcelo Sadio/vasco.com.br

6

Dedé

O zagueiro do Cruzeiro viveu grandes momentos com a camisa do Vasco, onde foi campeão da Copa do Brasil e virou ídolo. Mas seu time de infância era o rival Botafogo, por influência do seu pai, Nivaldo.
Evelson de Freitas/Folhapress
Evelson de Freitas/Folhapress

7

Marcos

Morto em 2008 por problemas cardíacos, Ladislau Silveira Reis tentou fazer o goleiro torcer para o Corinthians, mas viu o filho virar ídolo do rival Palmeiras. Pelo menos a mãe dele, Antônia Reis, sempre foi palmeirense.
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Jefferson Bernardes/VIPCOMM

8

Rogério Ceni

Em 2006, Eurides Ceni viu o filho ser derrotado na final da Copa Libertadores. Pelo menos foi para o seu time do coração, o Internacional, que naquele ano foi campeão sobre o São Paulo e depois ganhou o título mundial.
Folhapress
Folhapress

9

Rivellino

"Eu nunca neguei que a minha família é descendente de italiano e torcedora do Palmeiras", contou o ídolo do Corinthians, que chegou a fazer testes no alviverde, mas foi dispensado.
José Dias Herrera
José Dias Herrera

10

Pelé

"Eu não nego: fui corintiano sim, e toda a família era corintiana", afirmou João Ramos do Nascimento, o Dondinho, pai de Pelé, em entrevista antiga à Folha de S. Paulo. Pelé acabou indo jogar no Santos e fez do Corinthians uma de suas principais vítimas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos