Jogadores se desvalorizam no Oriente? Romarinho e "+ 9" mostram o contrário

Do UOL, em São Paulo

Astros como Raúl e Xavi foram jogar no futebol árabe para encerrar a carreira; outros como Hulk e Tévez aceitaram altos salários na China, mas acabaram "sumindo do mapa". Por isso, quando alguém vai jogar no Oriente, a gente logo pensa que está prestes a se aposentar ou que só quer ganhar dinheiro. Nem sempre é assim: os jogadores a seguir conseguiram se valorizar mesmo atuando longe dos grandes centros. 

Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Amr Abdallah Dalsh/Reuters

1

Romarinho

Quando o atacante deixou o Corinthians rumo ao futebol árabe, muitos devem ter pensado que não ouviriam mais o seu nome por um bom tempo. Aí ele se destacou no Al-Jaish e foi contratado pelo Al-Jazira, que disputaria o Mundial de Clubes. Foi quando a estrela de Romarinho bRilhou de novo, com direito a gol sobre o Real Madrid. Suas atuações foram comentadas no mundo inteiro, e ele entrou no radar do futebol europeu.
Getty Images
Getty Images

2

Paulinho

Talvez o jogador que mais tenha se valorizado no Oriente, Paulinho foi para a China em 2015, depois de uma passagem frustrada pelo Tottenham. Dois anos depois, o Barcelona pagou 40 milhões de euros por ele, na quarta contratação mais cara da história do clube. Com a camisa do Guangzhou, o volante reconquistou espaço e voltou a ser titular da seleção brasileira.
ChinaFotoPress/ChinaFotoPress
ChinaFotoPress/ChinaFotoPress

3

Renato Augusto

Assim como Paulinho, manteve sua importância para a seleção brasileira mesmo depois de se transferir para a China. Está no Beijing Guoan desde 2016, e suas boas atuações já renderam sondagens de clubes da Europa. Segundo o site Transfermarkt, seu valor de mercado subiu 20% em 2017.
VCG/Getty Images
VCG/Getty Images

4

Alan

O atacante revelado pelo Fluminense é o titular do Guangzhou, que vem da conquista do sétimo título chinês seguido. Desde que deixou o Salzburg, da Áustria, para jogar na China, em 2015, teve aumento de 25% no seu valor de mercado.
VCG/Getty Images
VCG/Getty Images

5

Elkeson

Quando saiu do Botafogo, em 2013, foi comprado pelo Guangzhou por 5,7 milhões de euros. Virou ídolo no clube chinês e ficou lá até 2016, quando o Shanghai SIPG pagou 18,5 milhões de euros por ele - R$ 72 milhões na cotação atual - mais que o triplo do investimento incial.
AFP
AFP

6

Diego Tardelli

Esteve na mira de Flamengo e Corinthians, mas acabou de renovar com o Shandong Luneng. Jogando no clube chinês, chegou a ser titular da seleção brasileira e foi convocado novamente por Tite no final de 2017.
AFP PHOTO / STR
AFP PHOTO / STR

7

Ricardo Goulart

Destaque do Guangzhou, é tricampeão chinês e continua tão decisivo quanto era no Cruzeiro. Quando saiu do time mineiro depois do título brasileiro em 2014, foi comprado por 15 milhões de euros. Agora, o valor de sua multa rescisória é o dobro: 30 milhões de euros, o equivalente a R$ 116 milhões. Mesmo assim, Flamengo e Palmeiras estão de olho nele.
Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

8

Alexandre Pato

A transferência para o Tianjin Quanjian chegou a ser vista por muitos como o fim da linha para ele, mas foi no futebol chinês que o atacante se reencontrou com a fase goleadora. Desde a saída do Villarreal rumo à China, seu valor de mercado aumentou 25%, segundo o site Transfermarkt.
Getty Images
Getty Images

9

Caio

O antigo talismã do Botafogo deixou o Internacional em 2014 para jogar no Al-Wasl, dos Emirados Árabes. Com 63 gols em 109 jogos, virou capitão e peça fundamental no clube, que deixou de lutar contra o rebaixamento e se classificou para a Liga dos Campeões da Ásia. Valorizado, discute a renovação de contrato enquanto recebe sondagens de clubes do Brasil e da Europa.
Getty Images
Getty Images

10

Fábio Lima

Ao lado de Caio, forma a dupla de ataque mais letal dos Emirados Árabes. Fez 95 gols em 110 jogos pelo Al-Wasl e foi eleito o melhor jogador estrangeiro da liga. O clube se apressou para assegurar sua permanência e já renovou o contrato até 2022. No Brasil, teve uma passagem apagada pelo Vasco em 2013, e seu último time foi o Atlético-GO.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos