Joia do Corinthians não está sozinha. Veja outras cavadinhas erradas

Do UOL, em São Paulo

Matheus Pereira deixou a final da Copa São Paulo criticado pela torcida do Corinthians. O meia-atacante optou por uma cavadinha na decisão por pênaltis contra o Flamengo, nesta segunda-feira (25), e acabou mandando para fora. O time carioca acabou sendo o campeão da competição.

A decisão errada da promessa corintiana não é nem de perto a única feita em cobranças de pênaltis na história do futebol. De Ronaldinho Gaúcho a Neymar, vários craques já viram sua jogada de efeito terminando em críticas da torcida. Confira:

 

Neymar - Santos x Vitória - final da Copa do Brasil de 2012

?Ousado e alegre?, Neymar resolveu arriscar na primeira partida da final da Copa do Brasil de 2012. O Santos vencia o Vitória, dentro de casa, por 1 a 0, quando teve um pênalti a seu favor. Coube ao camisa 11 efetuar a cobrança, e ele optou por uma cavadinha. Resultado: o goleiro Lee ficou parado e defendeu facilmente.

Pato - Corinthians x Grêmio - Copa do Brasil 2013

Talvez uma das cavadinhas mais lembradas dos últimos anos, a de Alexandre Pato é cobrada pelos corintianos até os dias de hoje. Nas quartas de final da Copa do Brasil de 2013, o atacante tentou uma cobrança de efeito contra Dida, goleiro do Grêmio, que não teve dificuldades para fazer a defesa e eliminar o Corinthians da competição. Depois disso, a relação Pato e torcida corintiana foi de mal a pior.

Ronaldinho Gaúcho - Milan x Inter de Milão - Torneio amistoso de 2010

Até o duas vezes melhor jogador do mundo Ronaldinho Gaúcho já foi traído por uma cavadinha. A competição, no entanto, era um torneio amistoso entre sua equipe da época, Milan, e a rival Inter de Milão, o que permitia algum tipo de ousadia. E a tentativa do brasileiro acabou ficando no travessão e o adversário com o título.

Pirlo - Milan x Barcelona - Troféu Joan Gamper 2010

A competição era amistosa, então o risco se justificava. Mas o histórico de Pirlo conta com cavadinhas bem-sucedidas, em especial a da Eurocopa de 2012, contra a Inglaterra. Mas no Troféu Joan Gamper de 2010, no entanto, o meia não teve a mesma sorte contra o goleiro Pinto, do Barcelona, que defendeu facilmente a cobrança do italiano.

Elano - Santos x Flamengo - Campeonato Brasileiro

Na incrível vitória do Flamengo sobre o Santos por 5 a 4, pelo Campeonato Brasileiro, em 2011, Elano protagonizou um lance curioso com Felipe. Na cobrança de pênalti, o meia santista arriscou uma cavadinha, mas o goleiro defendeu e, de quebra, saiu fazendo embaixadinhas para provocar o rival.

Totti - Roma x Lecce - Campeonato Italiano 2004/05

Maior ídolo da história da Roma, Totti também já teve seus dias de vilão em cobranças de pênaltis. Na temporada 2004/05 do Campeonato Italiano, o capitão romanista tentou uma cavadinha e acabou parado pelo goleiro do Lecce Vincenzo Sicignano, que nem sequer se mexeu. A partida terminou empatada em 2 a 2.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos