Jornal lista cinco candidatos a substituir Arsène Wenger no Arsenal

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Matt Dunham

    Em má fase. Arsène Wenger corre risco de perder emprego no Arsenal depois de 20 anos

    Em má fase. Arsène Wenger corre risco de perder emprego no Arsenal depois de 20 anos

O técnico Arsène Wenger está prestes a completar 20 anos à frente do Arsenal. Embora seja o profissional há mais tempo à frente de uma equipe no futebol europeu, o francês começa a ver sua estabilidade no cargo ameaçada.

Torcida e imprensa já pressionam Wenger. Na atual temporada, o time já foi eliminado da Copa da Inglaterra e corre por fora na disputa pelo Campeonato Inglês – tem oito pontos de diferença para líder Leicester (60 a 52). Na Liga dos Campeões da Europa, precisa passar pelo Barcelona nas oitavas de final.

Diante deste cenário, o jornal Daily Mirror publicou nesta segunda-feira uma lista de candidatos a suceder Wenger no Arsenal. Segundo a publicação, a eliminação diante do Watford na Copa da Inglaterra "criou uma nova onda de clamores pela saída" do técnico.

Confira a lista

Jasper Juinen/Getty Images
Jasper Juinen/Getty Images

Frank de Boer

Segundo o jornal, o holandês teve sucesso como jogador, e repete a ascensão como treinador. Como treinador do Ajax, foram quatro títulos do Campeonato Holandês. No entanto, nunca treinou um time na Inglaterra. "É um grande passo ir do Campeonato Holandês para o Inglês", diz o jornal.
REUTERS/Phil Noble
REUTERS/Phil Noble

Brendan Rogers

O técnico comandou o Liverpool entre 2012 e 2015 tem “experiência no Campeonato Inglês”, lembrou o jornal. Entretanto, a falta de títulos de expressão como jogador ou treinador pesa contra, segundo a publicação. “Ele não foi bom o suficiente para o Liverpool, então não seria bom para o Arsenal”, alega.
Paul Childs/Reuters
Paul Childs/Reuters

Steve Bould

O auxiliar-técnico de Arsène Wenger "conhece bem os jogadores e o clube", além de ter conquistado vários títulos durante seu período como jogador do Arsenal (1988 a 1999). Em compensação, sua inexperiência pesa, uma vez que jamais comandou um time profissional.
Peter Powell / EFE
Peter Powell / EFE

Manuel Pellegrini

Bastante experiente, com passagem por clubes de expressão como Manchester City (seu atual clube) e Real Madrid. Já venceu o Campeonato Inglês como treinador e estará disponível no fim da atual temporada. No entanto, a atual temporada do City expõe o trabalho do chileno.
Gerard Julien/AFP Photo
Gerard Julien/AFP Photo

Diego Simeone

O grande sucesso à frente do Atlético de Madri coloca o argentino como favorito, e a diferença para Barcelona e Real Madrid deve facilitar sua saída. No entanto, é o Atlético que não quer perder seu treinador. De quebra, pesa o fato de não ter jogado ou treinado na Inglaterra.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos