Topo

Esporte


Lençol de Neymar e Coutinho vaiado marcam rodada de brasileiros na Europa

Stephane Mahe/Reuters
Imagem: Stephane Mahe/Reuters

Do UOL, em São Paulo

13/05/2019 04h00

Neymar pode ter se despedido precocemente da temporada por causa do soco que desferiu contra um torcedor do PSG, mas o adeus a 2018/2019 foi em grande estilo. Com um gol e uma assistência na vitória do PSG, o atacante ainda protagonizou um lance de brilho ao aplicar um lençol em um adversário, jogada que chamou atenção de outros boleiros na web.

Por outro lado, Philippe Coutinho segue vivendo seu inferno astral particular. Seu time venceu, mas ele saiu substituído, machucado e ainda foi vaiado pela torcida que foi ao Camp Nou ver o Barcelona, campeão nacional, cumprir tabela.

Veja quem foi bem e quem foi mal entre os brasileiros que atuam no futebol europeu.

Foram bem

  • Reprodução

    Neymar

    A despedida de Neymar na temporada foi marcada por um gol e uma assistência para Di Maria na vitória por 2 a 1 do PSG sobre o Angers pelo Campeonato Francês. Suspenso por três jogos por ter dado um soco em um torcedor, Neymar ainda encontrou tempo para um lance artístico: um lençol levantado com o calcanhar que encantou outros colegas de seleção brasileira. "Essa só vi no Fifa e agora. Ousado", escreveu Vinicius Junior no Instagram. "Tu é embaçado", elogiou Douglas Costa. Leia mais

  • Gonzalo Fuentes/Reuters

    Daniel Alves

    O lateral veterano também teve participação decisiva na vitória do PSG ao dar o passe para o gol de Neymar. Aos 36 anos, Daniel Alves reafirmou sua importância para o time francês e aproveitou para defender seu antigo companheiro Lionel Messi de críticas após a eliminação do Barça na Champions League: "Se há alguém de quem não se pode falar mal é Messi". Leia mais

  • JOSE JORDAN / AFP

    Willian José

    O atacante já foi apelidado de Willian "Pelé". Exageros à parte, Willian continua mostrando seu valor na Espanha, onde está desde 2014. Na vitória do Real Sociedad sobre o Real Madrid, o brasileiro até perdeu um pênalti, mas foi um dos melhores em campo. Além de uma assistência para gol, gerou o lance que levou à expulsão do zagueiro Vallejo, que cortou com a mão um chute do brasileiro dentro da área. Leia mais

  • CARL RECINE/Action Images via Reuters

    Alisson

    O goleiro não conseguiu ajudar o Liverpool a tirar o título do Manchester City, mas após a vitória por 2 a 0 sobre o Wolverhampton, acabou levando para casa o troféu "Luva de Ouro" do Inglês. O titular da seleção brasileira ficou 21 rodadas sem levar gol na competição - o compatriota Ederson, do City, ficou em segundo. Alisson agora se prepara para final da Liga dos Campeões, contra o Tottenham. Leia mais

  • Divulgação

    Alex Telles

    O lateral esquerdo marcou seu sexto gol na temporada e ajudou o Porto a golear o Nacional da ilha da Madeira por 4 a 0. O Porto briga ponto a ponto contra o Benfica pelo título português. O clube de Lisboa tem 84 pontos, e o vice-líder tem dois a menos.

Foram mal

  • JOSE JORDAN / AFP

    Philippe Coutinho

    O meia continua em má fase na Espanha. Depois de ser eliminado por seu antigo clube na Liga dos Campeões, foi vaiado a cada toque na bola contra o Getafe. Apesar da vitória sonolenta do Barcelona, Coutinho saiu de campo, com um aparente desconforto muscular e apupado por uma parte da torcida. Outra parte o aplaudiu. Leia mais

  • JEAN-FRANCOIS MONIER/AFP

    Marquinhos

    Na vitória do PSG sobre o Angers, o zagueiro foi expulso por puxar um adversário dentro da área. Além do cartão vermelho, o PSG foi punido com o pênalti, que gerou o gol dos rivais. Foi o segundo cartão vermelho na carreira do brasileiro de 24 anos. Cumprindo suspensão na próxima rodada, ele deve perder a festa do título contra o Dijon no Parque dos Príncipes. Seu retorno deve acontecer apenas na última partida, contra o Reims. Leia mais

  • VINCENT WEST/REUTERS

    Marcelo

    O capitão do Real Madrid falhou no gol da virada do Real Sociedad, que acabou vencendo os merengues por 3 a 1. Em vez de cortar uma virada de jogo pelo alto, Marcelo esperou a bola, escorregou e foi antecipado por Zaldua, que cabeceou para o gol. A bola entrou depois que Courtois também escorregou. Leia mais

  • false

    Arthur

    O volante não jogou na vitória do Barcelona, que anunciara antes da partida uma lesão no púbis do brasileiro. Exames nessa semana vão definir a gravidade da lesão, que pode virar problema até para o técnico Tite, que convocará a seleção para a Copa América. Leia mais

Mais Esporte