Messi bateu recorde. Mas será que ele é o melhor batedor de falta do mundo?

Do UOL, em São Paulo

  • Alberto Saiz/AP Photo

Contra o Athletic de Bilbao, Lionel Messi fechou a vitória do Barcelona por 3 a 1 com mais um gol de falta. Foi o terceiro do argentino em três jogos e representou um recorde: com 26 gols de bola parada, ele igualou o holandês Ronald Koeman como o maior artilheiro em cobranças de falta do time catalão.

Mas será que isso faz do camisa 10 do Barça o melhor cobrador do mundo atualmente? O UOL Esporte separou outros especialistas no fundamento para que você forme a sua própria opinião:

Cristiano Ronaldo (Portugal)

O português é um dos jogadores com mais gols de faltas na atualidade. Segundo o StatsBunker, são 43 na carreira, 28 só pelo Real Madrid. Mais do que isso, o estilo inconfundível, com as passadas para o lado e o corpo reto, são inconfundíveis. Nesta temporada, ele já marcou uma vez na Liga dos Campeões, contra o Sporting.

Messi (Argentina)

Logo atrás do português vem o argentino, com 26 gols de falta pelo Barcelona. Enquanto Cristiano Ronaldo tem um campo de ação maior, o argentino prefere as batidas mais próximas, como nos recentes gols contra Athletic Bilbao e Villarreal. Mesmo assim, é tão letal quanto. Na Copa América dos EUA, no ano passado, por exemplo, passou Gabriel Batistuta na lista de maiores artilheiros da seleção argentina com uma cobrança de falta no ângulo.

Christian Eriksen (Dinamarca)

Na Inglaterra, o posto de melhor batedor de faltas é do meia dinamarquês do Tottenham. Desde que chegou ao time de Londres, ele marca um gol de falta a cada 15 partidas ? pode parecer pouco, mas é um número dos mais altos entre os cobradores dessa lista.

Willian (Brasil)

O primeiro brasileiro a aparecer é o ponta do Chelsea. Na temporada passada, com cinco gols, ele foi o jogador que melhor aproveitou as cobranças de falta da Liga dos Campeões. Aproveitando as infrações do lado esquerdo, sua especialidade são as batidas cruzadas, aproveitando a entrada dos atacantes para deixar o goleiro em dúvida: ele vai cruzar ou chutar direto?

Hakan Calhanoglu (Turquia)

O turco usa a camisa 10 do Bayer Leverkussen, é alvo do Chelsea nessa janela de transferências e cita o brasileiro Juninho Pernambucano como seu modelo ideal de cobrador de faltas. Para muitos, é considerado o melhor cobrador de faltas do planeta, principalmente pela qualidade que mostra nos chutes de longe. Na Bundesliga, ele já marcou de longe, de perto, de meia distância...

Miralen Pjanic (Bósnia)

Na Juventus, em pouco mais de meia temporada, já marcou duas vezes em faltas. Pela Roma, seu antigo clube, ele já era um dos mais precisos de toda a Europa. Segundo o site WhoScored, ele teve o melhor aproveitamento de bolas paradas de todo o continente entre 2013 e 2015, acertando o alvo 18,4% das vezes em que bateu na bola.

Andrea Pirlo (Itália)

O mais velho da lista, o italiano é muito conhecido pela precisão em bolas paradas. Jogando hoje no New York City FC, dos EUA, ele marcou apenas uma vez na MLS. Deixou o Campeonato Italiano, porém, como um dos recordistas de gols de falta. Foram 15 só pela Juventus, clube que defendeu por quatro temporadas.

Luis Suarez (Uruguai)

O uruguaio não cobra muitas faltas no Barcelona, atrás Messi e Neymar na lista de cobradores da equipe. Mas quando era jogador do Liverpool, era um perigo nas bolas paradas ? batendo sempre com força e efeito. Dos seus 81 gols com a camisa vermelha, oito foram de falta, quase 10%.

Neymar (Brasil)

O atacante brasileiro não é o cobrador oficial da seleção brasileira à toa. Ele já marcou na Copa América, na Copa das Confederações, na Olimpíada. Na Rio-2016, aliás, ele mostrou o quanto é preciso: dos quatro gols que marcou, dois foram de falta, contra Colômbia, nas quartas de final, e contra a Alemanha, na decisão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos