Palmeiras de Marcelo Oliveira já reagiu em momentos ruins; veja os jogos

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Dudu em ação durante o empate por 2 a 2 com o São Bento, no Pacaembu

    Dudu em ação durante o empate por 2 a 2 com o São Bento, no Pacaembu

Esqueça a euforia registrada ao fim da Copa do Brasil. O Palmeiras estreará na Libertadores 2016 na noite desta terça-feira diante do River Plate-URU em clima bem diferente daquele vivido no Allianz Parque no dia 2 de dezembro do ano passado, após vencer o Santos nos pênaltis. 

Pressionado depois de dois empates (contra São Bento e Oeste) e uma derrota em casa para o Linense no Paulistão, o time tenta evitar que a iminente crise vire realidade. O desafio será trazer do Uruguai um bom resultado no confronto com um time que disputa a Libertadores pela primeira vez.

Fora de casa, o Palmeiras terá a chance de reagir mais uma vez diante de situações adversas. Desde que o técnico Marcelo Oliveira assumiu o comando do time, em junho passado, o Palmeiras conseguiu evitar a crise ao vencer partidas decisivas na temporada.

Confira os jogos em que o Palmeiras reagiu em 2015

Título da Copa do Brasil sobre o Santos

O time alviverde entrou no gramado do Allianz Parque pressionado. Na ocasião, a equipe acumulava seis jogos sem vitórias. Em queda livre do Brasileirão, com três derrotas e dois empates, além do revés na primeira decisão da Copa do Brasil, o Palmeiras conseguiu derrotar o Santos por 2 a 1. Nos pênaltis, fez 4 a 3 e levantou o troféu da competição.

Quatro gols no Flamengo para encerrar série de derrotas

Após registrar a melhor série da era Marcelo Oliveira, com direito a goleadas sobre São Paulo (4 a 0) e Vasco (4 a 1) o Palmeiras amargou uma sequência de três derrotas -- o time perdeu para Atlético-PR (1 a 0), Cruzeiro (2 a 1) e Coritiba (2 a 1). A iminente crise foi colocada de lado com uma vitória por 4 a 2 contra o Flamengo no Allianz Parque.

Vitória em Florianópolis após goleada da Chapecoense

Goleada histórica, de 5 a 1, para a Chapecoense fora de casa, seguida de uma derrota no Allianz Parque para a Ponte Preta. O time de Marcelo Oliveira, apesar de estar garantido na semifinal da Copa do Brasil, entrou pressionado diante do Avaí na Ressacada. A equipe respondeu bem e venceu a partida fora de casa por 3 a 1.

Classificação e virada sobre o Fluminense

Na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, o Palmeiras acabou derrotado pelo Fluminense por 2 a 1, depois de estar perdendo por dois gols de diferença. No jogo seguinte, o time viu o Sport vencer por 2 a 0 no Pacaembu. Pressionado, o Palmeiras recebeu o Fluminense e devolveu o placar do Maracanã. A equipe garantiu uma vaga na final ao bater os cariocas nos pênaltis.

Três triunfos consecutivos depois de novo jejum

No começo do segundo turno do Brasileirão, o Palmeiras de Marcelo Oliveira conheceu a sua segunda série de três jogos sem vencer. O time perdeu por 1 a 0 para Goiás e Inter, além de empatar por 3 a 3 com o Corinthians. Depois, o time emendou três vitórias seguidas, sobre Figueirense (2 a 0), Fluminense (4 a 1) e Grêmio (3 a 2).

Goleada sobre rival depois de derrota em estreia

Marcelo Oliveira estreou no Palmeiras no dia 20 de junho, em Porto Alegre, diante do Grêmio. Na oportunidade, o time perdeu por 1 a 0. A derrota não abateu o grupo, que conseguiu logo na sequência ter a melhor apresentação do Brasileirão ao golear o São Paulo por 4 a 0. O time ainda venceu seis dos próximos sete confrontos, no melhor momento da era Marcelo.



FICHA TÉCNICA


RIVER PLATE-URU X PALMEIRAS


Local: Domingo Burgueno, em Maldonado (URU)
Data: 16 de fevereiro de 2016, terça-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)
Auxiliares: Francisco Mondria e Marcelo Barraza (CHI)

RIVER PLATE-URU: Pérez; Gonzalez, Ronaldo Conceição, Darío Flores e Agustín Ale; González, Ángel Rodríguez, Diego Rodrígueze e Taján; Schiappacasse e Michael Santos. Técnico: Juan Ramón Carrasco

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Arouca, Robinho, Dudu e Gabriel Jesus; Barrios. Técnico: Marcelo Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos