Pelo mundo: Gol de Douglas, briga de Fernandinho e homenagens à Chape

Do UOL, em São Paulo

Em luto pelas mortes em decorrência do acidente com o avião da Chapecoense, o futebol nacional não teve jogos no último fim de semana (03 e 04 de dezembro). Fora do país, no entanto, a bola rolou, e alguns jogadores brasileiros dedicaram homenagens às vítimas da tragédia com o time catarinense.

Neymar foi um deles: o craque do Barcelona chegou ao Camp Nou para clássico com o Real Madrid com uma camisa da Chape nas mãos. Willian, do Chelsea, ao anotar um gol contra o City, também se lembrou do clube alviverde. E, à parte os tributos, a rodada europeia ainda foi marcada pelo primeiro tento do lateral Douglas na Espanha.

Mas nem só de gestos bonitos viveram os brasileiros no cenário internacional nos últimos dois dias. Fernandinho, do City, por exemplo, foi expulso após brigar com o meia do Chelsea Fàbregas. Veja abaixo quem mandou bem e quem mandou mal no fim de semana

Foram bem

Nathan marca, tira a camisa por Chape e árbitro desiste de cartão

O brasileiro Nathan, do Vitesse (HOL), marcou um gol na vitória do seu time por 3 a 1 Campeonato Holandês e também fez uma homenagem à Chapecoense, com uma camisa que estava embaixo do uniforme. Por tirar a camisa, o atleta deveria receber um cartão amarelo, mas o árbitro Jochem Kamphuis relevou a atitude e não puniu o meia.

Foram mal

José Jordan/AFP Photo
José Jordan/AFP Photo

Petros dá rasteira e recebe o cartão vermelho

No empate em 3 a 3 entre Real Betis e Celta de Vigo, o brasileiro Petros, que já jogou pelo Corinthians, acabou expulso do confronto por uma rasteira violenta. O lance, no fim da partida, prejudicou o Betis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos