Só coadjuvantes! Os 5 brasileiros que brilharam na rodada da Champions

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Armando Franca

    Goleiro Ederson foi o destaque do Benfica na vitória sobre o Dortmund em Lisboa

    Goleiro Ederson foi o destaque do Benfica na vitória sobre o Dortmund em Lisboa

Encerrada na última quarta-feira, a rodada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões foi marcada por abundância de gols e partidas emocionantes. A briga para figurar no grupo dos oito melhores contou com alguns brasileiros em papel de destaque. Mas nada de Neymar, Marcelo ou Thiago Silva – pelo menos desta vez.

Coube a nomes não tão badalados o protagonismo na arrancada do mata-mata. Nenhum deles é o craque de seu time, mas mesmo assim todos conseguiram ser decisivos na primeira parte das oitavas de final.

Os destaques brasileiros

AP Photo/Armando França
AP Photo/Armando França

Ederson (Benfica)

A noite lisboeta de 14 de fevereiro foi especial para Ederson. O goleiro de 23 anos foi o principal destaque da vitória do Benfica por 1 a 0 sobre o Borussia Dortmund, no confronto de ida das oitavas. O jogador nascido em Osasco pegou um pênalti cobrado por Aubameyang. De quebra, o brasileiro parou chance cara a cara de Dembélé e fez defesa espetacular em chute de Pulisic de fora da área.

Para completar a noite feliz de Ederson, o goleiro teve a grande atuação testemunhada por dois homens da comissão técnica da seleção brasileira. O preparador de goleiros Taffarel e o assistente-técnico Sylvinho estavam presentes no Estádio da Luz para observar o titular do Benfica de perto.
Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Casemiro (Real Madrid)

Se o Real Madrid conseguiu a vantagem de viajar para a Itália com um conforto de placar contra o Napoli, muito disso se deve à "patada" de Casemiro. Um chute violento de fora da área do brasileiro definiu a vitória por 3 a 1 em casa, no Santiago Bernabéu, em um jogo complicado, que teve os visitantes saindo na frente.

Casemiro fechou o placar aos 9 minutos do segundo tempo, quando arriscou bater de meia distância, sem deixar a bola cair, após uma rebatida da defesa. O disparo cruzado entrou no canto direito, sem chances de intervenção para o goleiro Reina.
Reuters / Rafael Marchante
Reuters / Rafael Marchante

Daniel Alves (Juventus)

A estrela do lateral brasileiro brilhou em Portugal. Reserva da Juventus contra o Porto na última quarta-feira, Daniel Alves entrou em campo somente aos 28min do segundo tempo. No entanto, logo apareceu na área para marcar o segundo da vitória dos italianos por 2 a 0 fora de casa.

Na jogada, o brasileiro Alex Sandro tirou a marcação na esquerda e levantou na área. Em seguida, Alves apareceu quase como um centroavante, fechando no meio da área. O ex-jogador do Barça dominou no peito antes de finalizar de pé esquerdo.
Reuters / Lee Smith Livepic
Reuters / Lee Smith Livepic

Fabinho (Monaco)

Um brasileiro teve desempenho de destaque no jogo mais eletrizante da rodada, na última terça-feira. Apesar da derrota do Monaco para o Manchester City por 5 a 3, o volante Fabinho saiu como um dos melhores em campo. O ex-jogador do Fluminense apareceu bem especialmente no primeiro tempo, com contribuições decisivas no ataque.

Fabinho ofereceu duas assistências para seus companheiros marcarem. Primeiro aos 31min, após uma saída de bola equivocada do City, o brasileiro conseguiu um cruzamento preciso, na cabeça de Falcao García. Oito minutos depois, o jogador de 23 anos efetuou um lançamento que colocou Mbappé na cara do gol.
Reuters / Wolfgang Rattay Livepic
 Reuters / Wolfgang Rattay Livepic

Filipe Luís (Atlético de Madri)

O Atlético de Madri derrotou o Bayer Leverkusen por 4 a 2, com brilho no ataque dos atacantes Gameiro, Griezmann e Torres. Mas um brasileiro foi fundamental na defesa para assegurar o placar como visitante, que deixou os espanhóis muito próximos da vaga nas quartas de final.

Aos 36min do segundo tempo, com o placar em 3 a 2, Filipe Luís salvou uma bola quase em cima da linha do gol. No lance, o mexicano Chicharito Hernánez finalizou de dentro da área, e o goleiro Moyà não conseguiu alcançar. Então o lateral brasileiro esticou a perna direita para evitar o empate.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos