Topo

Bahia


Bahia escolhe funcionário que luta contra câncer para erguer taça: "chorei"

Felipe Oliveira / EC Bahia
Bahia levanta a taça de campeão baiano de 2019 Imagem: Felipe Oliveira / EC Bahia

Do UOL, em Santos (SP)

2019-04-22T13:56:56

22/04/2019 13h56

Uma pessoa não muito conhecida dos torcedores tricolores pôde ser vista em meio aos jogadores no momento em que a taça de campeão estadual de 2019 foi levantada pelo time do Bahia, no início da noite de ontem, na Arena Fonte Nova, após vitória por 1 a 0 sobre o Bahia de Feira. Era Adherbal Amaral, de 81 anos, funcionário do clube há mais de 42.

Apelidado de Adherbal Guerreiro, ele luta contra um câncer e foi homenageado pelos jogadores do time tricolor, que fizeram questão de deixá-lo erguer a taça de campeão baiano. "Eu chorei. Foi muita emoção", disse o funcionário, que trabalha como assistente administrativo.

O zagueiro Lucas Fonseca é um dos jogadores que aparece ao lado de Adherbal na hora de levantar a taça. E ele fez questão de citá-lo em uma das entrevistas que concedeu ainda dentro de campo após a conquista do 48º título estadual da história do Bahia.

"Dentro do elenco a gente não tem só um capitão e sim vários líderes. Todos exercem essa função de alguma forma ali dentro, jogando ou não. A gente sabe o quão importante Adherbal é na história do Bahia. Ninguém melhor do que ele para erguer esse troféu", afirmou.

Em sua conta no Instagram, o presidente Guilherme Bellintani também homenageou Adherbal: "Um clube que cuida das pessoas é tão importante quanto um clube vencedor. Aderbal é a cara da nossa torcida, dos nossos atletas, da nossa equipe de trabalho. Às vezes ganhando, às vezes perdendo, mas sempre cuidando da construção de um clube que nos orgulhe".