Topo

Cruzeiro


Por que Vasco está à frente do Cruzeiro mesmo com campanha semelhante?

Jeferson Guareze/Agif
Vanderlei Luxemburgo é o técnico do Vasco desde o começo de maio Imagem: Jeferson Guareze/Agif

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

2019-07-15T12:06:32

15/07/2019 12h06

O Vasco não tem chance de terminar essa rodada na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro por um motivo curioso: a disciplina. Empatado nos principais quesitos com o Cruzeiro, que está na 16ª colocação, a equipe de São Januário leva vantagem no número de cartões vermelhos recebidos - 1 contra 2 dos mineiros.

Segundo o regulamento da competição, o número de expulsões é o quinto critério de desempate, após número de vitórias, saldo de gols, gols pró e confronto direto. Vale lembrar também que Vasco e Cruzeiro ainda não se enfrentaram - o primeiro duelo acontecerá na 17ª rodada, dia 1/9, no Mineirão.

A única expulsão do time cruzmaltino até o momento nesta edição do Brasileiro foi do lateral-esquerdo Danilo Barcelos (contra o Santos, na quarta rodada), enquanto a equipe celeste teve o zagueiro Murilo (na estreia, contra o Flamengo) e o lateral-esquerdo Edilson (contra o Internacional, na quarta rodada).

Desta forma, caso o Fluminense consiga sair do Z4 na partida da noite de hoje - encara o Ceará, no Maracanã, às 20h -, quem volta a figurar entre os quatro últimos é o Cruzeiro.

Sistema de desempate (o que diz o regulamento da CBF)

"Em caso de empate em pontos ganhos entre 2 (dois) ou mais clubes ao final do Campeonato, o desempate, para efeito de classificação final, será efetuado observando-se os critérios abaixo:

1º) maior número de vitórias;
2º) maior saldo de gols;
3º) maior número de gols pró;
4º) confronto direto;
5º) menor número de cartões vermelhos recebidos;
6º) menor número de cartões amarelos recebidos;
7º) sorteio"