UOL Esporte Futebol
 
08/05/2009 - 18h56

Conmebol define jogo único e aumenta imbróglio em mata-mata

Do UOL Esporte
Em São Paulo
A novela envolvendo os times mexicanos e a gripe suína ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira. Depois de as equipes do México terem confirmado a desistência das oitavas-de-final da Copa Libertadores, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou que São Paulo x Chivas Guadalajara e Nacional-URU x San Luis terão de definir a vaga nas quartas-de-final em partidas únicas a serem realizadas no dia 20 de maio, em São Paulo e Montevidéu.

A questão é que os clubes mexicanos já disseram que não aceitam disputar o mata-mata em um único jogo. "Avisamos a Conmebol que não vamos participar. Não aceitamos disputar apenas uma partida e não aceitamos mudar o local do jogo. A única coisa que aceitamos é seguir as regras", disse Justino Compeán, presidente da Federação Mexicana de Futebol.

Dessa forma, a tendência é que São Paulo e Nacional garantam suas vagas nas quartas-de-final da Copa Libertadores vencendo esse jogo único por WO. Mas o time do Morumbi se mostrou incomodado com a possibilidade de ter de disputar sua classificação em uma única partida, mesmo com ela sendo em seu estádio.

"Com essa deliberação, vamos estar preparados para enfrentar o Chivas no dia 20. Mas não é uma boa solução, pois uma situação de derrota que aconteça em um jogo único não poderia ser revertida", disse Carlos Augusto de Barros e Silva, vice-presidente de futebol são-paulino.

O clube tricolor já recebeu a confirmação oficial sobre a decisão da partida única. O presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, telefonou para o presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, para informar a decisão da Conmebol.

"O São Paulo desde o primeiro momento se colocou à disposição da Conmebol para uma solução que definisse o caso. Nossa única resistência era de ir ao México, pois no nosso entendimento, jogar lá seria desconfortável do ponto de vista do alerta da Organização Mundial de Saúde dando grau 5 de risco. Para nós seria muito difícil jogar lá. Mas as demais decisões nós vamos acatar", completou João Paulo de Jesus Lopes, diretor de futebol do clube.

Além do anúncio feito pela Federação Mexicana de Futebol, o próprio Chivas Guadalajara confirmou em seu site oficial sua retirada da Copa Libertadores desse ano.

"Não queremos jogo único e não queremos conversa com ninguém da Conmebol", disse o presidente do Chivas, Pedro Saez, em entrevista à rádio Transamérica. "Chivas e San Luis decidiram que não jogam mais porque as regras não foram cumpridas. A gripe está sendo controlada, não há motivo para não jogarem no México."

Após confirmar essas duas disputas das oitavas-de-final em jogo único, Nicolás Leoz, presidente da Conmebol, disse que ainda espera um ofício sobre a desistência dos mexicanos. "Atuamos apenas com informações por escrito. Já estão confirmadas as datas de todas as partidas", explicou.

Fontes ligadas aos dirigentes da entidade sul-americana dizem que assim que for oficializada a desistência dos mexicanos, a Conmebol deve confirmar a classificação direta de São Paulo e Nacional para as quartas-de-final do torneio.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host