UOL Esporte Futebol
 
20/05/2009 - 15h00

Em alta, Elano revela plano para Copa e se desculpa por sexo virtual

Bruno Chazan
Em São Paulo
Elano reencontrou a alegria em Manchester. Depois de oito meses na reserva do City, o meia convenceu o técnico Mark Hughes que não à toa é um dos pupilos mais elogiados por Dunga na seleção brasileira. O meia recuperou a posição de titular na equipe, que chegou a ficar ameaçada de rebaixamento no Campeonato Inglês e atualmente ocupa a décima colocação. Começou as últimas seis partidas e foi eleito o melhor jogador de abril em votação realizada pelo site oficial do clube.

ENTENDA O CASO "FELINA"
Paul Ellis/AFP
A blogueira "Felina" gravou com uma webcam jogadores de futebol e celebridades fazendo sexo virtual pelo MSN e publicou em sua página na internet, já retirada do ar pela Polícia Federal. Entre as supostas vítimas estão Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Alexandre Pato, Diego Souza, Vanderlei Luxemburgo, além do ator Lucas Marcchi, o modelo Albucabys (ex-namorado de Luma de Oliveira) e o apresentador do "Globo Esporte", Tiago Leifert. Elano é o primeiro a admitir publicamente envolvimento no caso.
COSME: "ACABOU A FESTA DO FELINO"
VEJA O PERFIL DE ELANO
CLASSIFICAÇÃO DO INGLÊS
Em meio a esse bom momento, o jogador atendeu a reportagem do UOL Esporte por telefone. Falou da vida na Inglaterra, do planejamento que elaborou para disputar a Copa do Mundo de 2010 e também sobre o envolvimento com uma mulher que atende por Fabiane Menezes, conhecida nos bastidores do futebol como "Felina" ou "Loira da Internet". A suposta ex-modelo provocou a revolta de jogadores e celebridades ao postar na web vídeos e fotos dos mesmos praticando sexo virtual.

Com exclusividade, Elano admite que errou, revela arrependimento e diz já ter sido perdoado pela esposa. "Vou tocar a minha vida, porque sou um cara muito abençoado por Deus. Eu procuro a paz, e essas pessoas que procuram o mal recebem em dobro." Confira a entrevista.

UOL Esporte - Boa tarde, Elano. Você parece estar voltando a viver boa fase aí na Inglaterra. Virou titular novamente e foi eleito pela torcida o melhor jogador de abril. Como você encara essa volta por cima?
Elano - Com todo respeito, para mim não é surpresa. Eu sei do que posso fazer e o quanto que eu posso ajudar o City. Não fiz nada mais daquilo que sei, que é trabalhar, esperar minha oportunidade e fazer o meu melhor.

E esse carinho da torcida?
É uma coisa muito legal o que vem acontecendo. Cada dia que passa eles me conhecem mais e gostam mais de mim. Quando saio, eles vêm, pedem autógrafo, querem estar sempre junto... É bem diferente do que acontecia lá em Donetsk, que era um povo muito frio.
(Elano jogou no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, de 2005 a 2007)

Você teve muitas dificuldades de adaptação à Ucrânia, não é?
Sim, mas são coisas da vida. As dificuldades da Ucrânia foram importantes para minha vida. Procuro aproveitar as coisas boas que a Inglaterra me dá hoje.

Como está a vida em Manchester?
Está legal, já estou adaptado. Vou ao shopping, restaurante, sem problema. Tenho vários amigos aqui, inclusive o pessoal do United. De vez em quando, quando vou jantar ou fazer compras, encontro com Rafael, Cristiano Ronaldo, Nani, Anderson, Tevez...

E o inglês, já está fluente?
Está fluindo, um pouquinho melhor (risos). Fiz um pouco de aula quando cheguei, mas não estou fazendo muito, não. Já me viro bem, faço todas as coisas normalmente. Algum errinho sempre sai, mas não tem problema (risos).

O que falta para o City decolar? O clube tem dinheiro, investe muito, mas não apresenta bons resultados...
O que acontece é que o planejamento foi feito no meio do campeonato. Jogadores chegaram no meio do campeonato e isso dificulta o entrosamento, as amizades... Mas nós nunca tivemos problemas de jogador com jogador, o que saiu foi pura invenção da imprensa. Agora com o fim do campeonato eles vão ter um pouco mais de tempo para fazer uma programação legal. O time tem qualidade, é bom. Mas a gente não consegue resultados com o time em formação no meio de um campeonato como a Premier League.
(A imprensa inglesa noticiou no ano passado que o elenco do City chegou a protestar junto ao técnico Mark Huhges sobre supostos privilégios de Robinho)

Você vem jogando aberto pela direita aí. É diferente do posicionamento na seleção. Você gosta? Te prejudica?
Na seleção eu tenho um pouco mais de liberdade. O Dunga sempre me pede para marcar por dentro, como volante, e atacar pela direita. No City a gente joga num 4-4-2, e fico mais fixo na direita. Para mim não tem problema, o time precisava e eu me dispus a ajudar, como sempre.

Por falar em seleção, você vem sendo titular com o Dunga desde o final do ano passado. A um ano da Copa, já se sente garantido no grupo?
Dar isso como certo é um pouco desagradável, até porque a briga é muito grande. Eu me sinto importante pelo que eu tento fazer.

Amanhã (quinta) tem convocação para a Copa das Confederações, e será uma surpresa se você não estiver na lista. Jogar na África do Sul, a um ano da Copa... Já dá para sentir um gostinho do que será o Mundial?
Ah, com certeza já vai dar para ficar sonhando um pouco (risos). A Copa do Mundo é diferente de todas as competições, é a mais esperada. Espero ter sucesso lá e voltar no ano que vem. Fui campeão da Copa América e quero vencer de novo pela seleção.

Se jogar a Copa das Confederações, você não terá férias. Você se incomoda?
Para mim é uma felicidade imensa estar na seleção. Antes da apresentação vou para casa [em Iracemápolis, no interior paulista] ficar uma semana com minha família, vou ver minha filha, minha esposa. A nossa programação aqui no City já está feita.Terei 20, 25 dias de férias depois da Copa das Confederações. Já falei com o meu treinador e eles aceitaram.

Te preocupa voltar a ser reserva no clube na próxima temporada, que será decisiva para garantir presença na Copa?
Eu tive uma conversa com os diretores aqui passando minha preocupação sobre isso. Falei que quero fazer um planejamento de treinamentos para a Copa. Pelo que eu senti, eles estão dispostos a me ajudar. Também comentei sobre renovação de contrato. Não quero deixar para renovar próximo à Copa, não seria bom para mim. De repente a gente não chega num acerto, ele me encostam....
(Elano tem vínculo com o City até o meio de 2011)

Como é esse planejamento de treinos?
É uma preparação para prevenir lesões. Tenho contato sempre com o [Paulo] Paixão [preparador físico da seleção]. Se eu sinto alguma coisa, seja na parte física ou clínica, procuro passar para ele. Quero estar sempre em alto nível.

Tem acompanhado o futebol brasileiro?
O Brasileiro esse ano vai ficar bonito, cara. Tem uns times muito bons: Inter, Corinthians, Palmeiras... O Santos vai dar uma melhorada. Fiquei triste com as finais do Paulista, mas o time tem jogadores jovens e que vão crescer.

Mas também chegam notícias ruins do Brasil para você. Teve esse envolvimento com a "Felina"... O que aconteceu?
Olha, são coisas que acontecem na vida. A gente erra. Fui o primeiro cara a contar para minha esposa. Fico feliz que ela tenha me entendido. Vou tocar a minha vida, sou um cara muito abençoado por Deus. Procuro sempre a paz, e essas pessoas que procuram o mal recebem em dobro. Peço para que as pessoas não deem ibope para esse tipo de gente.

Você vai tomar alguma medida contra essa pessoa?
Não, vou deixar a vida como está. Estou voltado para meu objetivo, que é jogar futebol.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host