UOL Esporte Futebol
 

Andrezinho escapa do brasileiro Fernandinho, do Oita, na vitória do Inter

05/08/2009 - 08h54

Inter bate Oita Trinita e conquista Copa Suruga, no Japão

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
O Inter conquistou, nesta quarta-feira, mais um título internacional para sua galeria de troféus. Fez 2 a 1 no Oita Trinita, no Japão, e volta para casa com a Copa Suruga. A disputa reuniu o campeão da Copa Sul-Americana de 2008, o Inter, e o campeão da Copa da Liga Japonesa (também conhecida como Copa Nabisco), o Oita Trinita.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO
PRIMEIRO TEMPO
28min - Kléber faz boa jogada pela esquerda e cruza para a área. Alecsandro pula mais que a zaga e cabeceia para baixo, mas a bola quica no chão e vai sobre a trave.
32min - O zagueiro Morisghiga e o goleiro Nishikawa vacilam e Taison se intromete entre eles e chuta encobrindo o goleiro, mas a bola vai para fora.
43min - Fernandinho dá a Kanasaki, que manda de pé direito. Michel Alves salva mandando à escanteio.
SEGUNDO TEMPO
5min - GOOOLLL DO INTER!!!
Boa jogada de Andrezinho, que faz o passe perfeito a Alecsandro, que avança e na saída do goleiro manda de pé direito no canto esquerdo.
12min - GOOOLLL DO INTER!!!
Andrezinho avança e de fora da área manda com categoria, no ângulo superior esquerdo de Nishikawa.
14min - GOOOLLL DO OITA!!!!
Higashi é lançado na grande área, se livra do zagueiro Índio e manda de pé direito no ângulo superior direito de Michel Alves.
33min - Após escanteio, Morishiga cabeceia à queima-roupa e Michel Alves faz defesa espetacular.
IMAGENS DO TÍTULO DO INTER
MAIS SOBRE O INTERNACIONAL
CONFIRA O MERCADO DA BOLA
Com essa conquista, agora são cinco títulos internacionais que o clube gaúcho conquista em quatro anos. A série começou em 2006, com a Libertadores da América e o Mundial de Clubes, seguiu com a Recopa de 2007; e no ano passado foi acrescida da Copa Sul-Americana.

Assim que o jogo acabou, antes de levantar a taça e dar a volta olímpica, os jogadores todos abraçaram o treinador Tite, como que dedicando a ele o troféu. O técnico havia comentado que essa era uma partida especial para ele, visto que na véspera da viagem falecera seu pai, Genor.

O Inter, que para disputar a Suruga teve de se ausentar do Campeonato Brasileiro por duas rodadas, começa o retorno ao Brasil nesta quinta-feira e chega a Porto Alegre na sexta. O grupo colorado volta extenuado e com atletas lesionados, devido à desgastante viagem ao Oriente.

Logo no primeiro minuto da partida, aproveitando um cruzamento de Kléber, o atacante Alecsandro mandou para a bola para a rede do time japonês. O lance foi invalidado pelo árbitro, mas ainda assim ficou a impressão de que o Inter atropelaria o adversário dentro de sua casa.

Mas não foi isso o que se viu na sequência, pois atrapalhado por um gramado em péssimas condições, os atletas colorados não conseguiam trocar passes com qualidade e objetividade, e o tempo foi passando sem que surgissem chances claras de abertura do placar.

E se o Inter era improdutivo, pior o Oita Trinita, que somente aos 43min de jogo conseguiu desferir um chute contra a meta da equipe brasileira, quando o goleiro Michel Alves fez sua primeira defesa, mandando à escanteio. Um lance que finalmente levou entusiasmo à torcida japonesa, que não lotava o estádio Big Eye.

ANÁLISE DE COSME RÍMOLI
Juca
"A vitória fará a torcida pintar mais um título internacional nas bandeiras que levam ao Beira Rio. Porém, mais do que isso, dará fôlego a Tite"
BLOG DO COSME RÍMOLI
A equipe do Oita começou melhor a segunda etapa, arriscando chutes de longa distância, parecendo que seria mais agressiva. Mas na primeira arriscada que deu Alecsandro acabou abrindo o placar para o Inter e, sete minutos depois, aos 12. Andrezinho fez um golaço de fora da área e,com 2 a 0, pareceu que o jogo estaria liquidado.

Mas, ao contrário, a partir de então só o Oita Trinita jogou. Descontou aos 14, através de Higashi, e na seqüência começou a empilhar oportunidades, diante de um adversário visivelmente cansado em campo. O goleiro Michel Alves, bastante exigido, passou a ser destaque colorado sobre o esburacado campo do Big Eye.

Mas o Inter acabou resistindo, a muito custo, passando por enormes perigos, e conseguiu confirmar o seu mais novo título internacional, o que servirá de estímulo para a continuação da temporada 2009.

OITA TRINITA 1x2 INTER

Oita Trinita
Nishikawa; Uemoto (Tsubouchi), Morishige e Fujita; Takahashi, Edmiílson, Fernandinho (Maeda), Inoue (Ienaga) e Higashi (Umeda); Kanazaki e Kotegawa (Sumida)
Técnico: Ranko Popovic

Inter
Michel Alves; Bolívar, Índio, Sorondo e Kléber (Marcelo Cordeiro); Sandro, Guiñazu, Andrezinho (Danny Morais) e Giuliano (Danilo Silva); Taison (Bolaños) e Alecsandro (Glaydson)
Técnico: Tite

Data: 5/8/2009 (quarta-feira)
Local: Estádio Big Eye, em Oita (JAP)
Público: 16.505
Árbitro: Choi Myung Yong (Coreia do Sul)
Auxiliares: Choi Min Byoung e Yoon Soonyong (Coreia do Sul)
Cartões amarelos: Uemoto, Tsubouchi (Oita); Bolaños
Gols: Alecsandro (aos 5), Andrezinho (aos 12) e Higashi (aos 14min do 2º tempo)

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host