UOL Esporte Futebol
 
16/12/2009 - 19h28

Cruzeiro tenta contratar Leandro Guerreiro, mas Botafogo não libera

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte
  • A contratação de L. Guerreiro foi pedida por Adilson Batista

    A contratação de L. Guerreiro foi pedida por Adilson Batista

Em busca de reforços para a próxima temporada, a diretoria do Cruzeiro tentou a contratação do volante Leandro Guerreiro, do Botafogo. Porém, o clube carioca, detentor dos direitos econômicos do jogador, não aceitou negociá-lo.

Segundo o diretor de comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes, Leandro Guerreiro era um jogador pretendido pelo técnico Adilson Batista. “Entramos em contato com o Botafogo para tentar a contratação, mas não deu certo. O Botafogo nos comunicou que não pretende liberá-lo”, explicou.

Além de buscar um volante com característica de marcação, o técnico Adilson Batista indicou a diretoria celeste a contratação de um zagueiro experiente, um lateral-direito e um meia. Porém, a diretoria cruzeirense trata os nomes com sigilo.

O Cruzeiro acertou até o momento apenas a contratação do armador Pedro Ken, que estava no Coritiba. Além dele, voltam de empréstimo o atacante Anderson Lessa, que estava no Náutico, mas pertencia ao clube mineiro, e o lateral-direito Marcos, que disputou a Série B do Brasileirão pelo Bahia.

Nesta quarta-feira, o Cruzeiro desistiu da contratação do atacante Jobson. Pego em exame antidoping realizado após a partida contra o Coritiba pelo Brasileirão, em 8 de novembro, o jogador seria contratado junto ao Brasiliense com a ajuda de um grupo de investidores, mantido em sigilo por força contratual.

O clube investiria R$ 900 mil para pagar por 20% dos direitos de Jobson. O investidor seria o responsável pelo restante do pagamento da aquisição de 80% dos direitos, num total de R$ 4,5 milhões. O atacante tem contrato com o Botafogo até 31 de dezembro e, assim, só poderia oficializar vínculo com o Cruzeiro em 1º de janeiro.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host