UOL Esporte Futebol
 
19/12/2009 - 07h03

São Paulo fecha cofre, e contratações de nomes de peso emperram

Carlos Padeiro
Em São Paulo
  • Cicinho quer voltar, mas precisa se livrar da Roma

    Cicinho quer voltar, mas precisa se livrar da Roma

Já são seis reforços certos para defender o São Paulo em 2010: os zagueiros Andre Luis e Xandão, os meio-campistas Léo Lima, Marcelinho Paraíba e Carlinhos Paraíba e o atacante Fernandinho. Os próximos alvos, porém, esbarram em vínculos com outros clubes, e a diretoria não pretende abrir o cofre para contratá-los.

São nomes de peso, como Breno, Cicinho e Fernandão. Mas eles só vêm caso consigam uma liberação junto às equipes que defendem. O time do Morumbi não fará esforços financeiros para arcar com multas rescisórias.

“Nossa política é essa. Nada justifica esse tipo de investimento. Esses jogadores interessam desde que venham sem ônus e com salários condizentes com o que podemos pagar”, decretou o vice-presidente de futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Os cartolas são-paulinos ainda não anunciaram as aquisições para a próxima temporada, mas o ‘pacotão’ será divulgado em breve. Os atletas chegam sem custo no que diz respeito a multas. A diretoria arcará com luvas e salários.

Além disso, a última grande venda do clube paulista para a Europa ocorreu em 2007, quando Breno se transferiu para o Bayern de Munique por quase US$ 20 milhões. Em 2008, Alex Silva também foi embora, mas o São Paulo só tinha 20% dos seus direitos econômicos. Neste ano, Eduardo Costa rendeu cerca de R$ 6,5 milhões aos cofres tricolores.

A dificuldade de vender atrapalha o equilíbrio do caixa. Esse é mais um fator para impedir o investimento em novos jogadores.

Por isso, Breno seguirá mesmo na Alemanha. O Bayern não concordou em emprestar o jovem de 21 anos para o futebol brasileiro. A equipe de Munique quer que o zagueiro atue por outro time alemão para pegar mais experiência. Seu destino pode ser o Hertha.

Cicinho planeja deixar a Roma e aceitaria ganhar menos para retornar ao time do Morumbi. “Espero poder fazer parte novamente [da equipe]. Isso se for possível e houver vontade da Roma e do São Paulo, porque a minha já é. Vamos esperar”, declarou o lateral, em entrevista ao diário Lance!.

Já Fernandão está preso ao Goiás até o fim de 2010. Os cartolas do clube esmeraldino afirmam que não facilitarão sua saída. Um deles ironizou ao dizer que só libera o centroavante em troca de Miranda e Hernanes.

Marcelinho Paraíba e Carlinhos Paraíba também estão vinculados ao Coritiba. O primeiro diz ter um acordo para deixar o clube paranaense agora e é dado como nome certo no CT da Barra Funda. O segundo pode vir só em março, ou o São Paulo emprestará algum atleta para tê-lo em janeiro.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host