UOL Esporte Futebol
 
20/12/2009 - 13h44

Lima aguarda aval de Mano até 3ª para definir futuro; rivais mostram interesse

Alexandre Sinato
Em São Paulo
  • Alegando abandono e falta de pagamento, Lima conseguiu se desligar do Betis ao acionar a Fifa

    Alegando abandono e falta de pagamento, Lima conseguiu se desligar do Betis ao acionar a Fifa

O Corinthians deve definir até esta terça-feira se tentará contratar o zagueiro Lima. Em fase final de tratamento, o jogador deu prioridade ao clube alvinegro, que aguarda a autorização de Mano Menezes para abrir negociação. Se o treinador não manifestar interesse, outras duas equipes podem entrar na briga.

Lima chegou a negociar com o Corinthians no primeiro semestre deste ano, mas não houve acordo. Meses depois, o clube ofereceu sua estrutura para o zagueiro tratar lesão no tornozelo direito. O processo terminará nesta terça-feira, quando Lima encontrará o fisiologista alvinegro Bruno Mazziotti no Rio de Janeiro.

“Deixamos bem claro que enquanto o Lima estivesse tratando no clube, não conversaria com outras equipes. O Andres [Sanchez, presidente] disse que ia conversar com o Mano até terça-feira e que, se recebesse o aval do treinador, me ligava para negociarmos”, comentou Juliano Leonel, empresário do jogador.

Se o Corinthians não mostrar interesse, Lima pode reforçar rivais alvinegros na Libertadores. “Dois clubes já me procuraram, ambos estão na Libertadores. Se não der certo com o Corinthians, vamos sentar com essas equipes e ver qual é a intenção de cada uma”, afirmou Leonel. O Flamengo já negociou com o zagueiro neste ano.

Em busca de um zagueiro para fechar o elenco neste início de temporada, o Corinthians tem outras prioridades para o setor. Henrique, do Barcelona e emprestado ao Racing Santander, Alex Silva, do Hamburgo, e Breno, do Bayern de Munique, são os nomes preferidos. Em todos os casos, porém, os jogadores precisariam da liberação de seus clubes. Henrique e Breno dificilmente serão autorizados a voltar ao Brasil.

Lima, por sua vez, conseguiu romper seu contrato com o Betis após acionar a Fifa. Ele alegou abandono e falta de pagamento do time espanhol quando se machucou.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host