UOL Esporte Futebol
 
21/12/2009 - 18h02

Messi confirma temporada 'impecável' e leva prêmio de Melhor do Mundo

Do UOL Esporte
Em São Paulo

A ‘cereja do bolo’ almejada por Lionel Messi, de 22 anos, foi confirmada nesta segunda-feira. Durante evento realizado em Zurique, na Suíça, o argentino ganhou o prêmio de Melhor do Mundo da Fifa e, com isso, completou o seu ano perfeito, já que o Barcelona, seu clube, venceu as seis competições que disputou em 2009. Entre as mulheres, a brasileira Marta conquistou pela quarta vez consecutiva a mesma premiação.

Antes da oficialização de Messi como Melhor do Mundo, o argentino, o primeiro da história a ficar com esta honraria, já havia manifestado o sonho de vencer este prêmio individual como forma de coroar a grande temporada que teve com o Barcelona. Seu time conquistou este ano o Campeonato Espanhol, a Liga dos Campeões, o Mundial de Clubes, a Supercopa Europeia, a Supercopa da Espanha, e a Copa do Rei. O atleta também ganhou a Bola de Ouro, troféu entregue pela revista France Football.

VEJA COMO FICOU A VOTAÇÃO DA FIFA

JOGADOR PONTOS
Lionel Messi (Barcelona) 1073
C. Ronaldo (Real Madrid) 352
Xavi (Barcelona) 196
Kaká (Real Madrid) 190
Andrés Iniesta (Barcelona) 134

"Gostaria de agradecer aos companheiros que votaram. É uma grande honra porque fui votado por jogadores de outras seleções. Gostaria de compartilhar com meus companheiros. Isso significa terminar da melhor forma um ano magnífico para o Barcelona e para mim. Muito obrigado", afirmou Messi.

Para chegar ao patamar mais alto no futebol, Messi, com 1073 pontos, desbancou dois concorrentes de peso. Cristiano Ronaldo, vencedor deste prêmio em 2008, desta vez ficou em 2º lugar, enquanto Kaká, melhor do mundo em 2007, foi apenas o quarto colocado.

A lista entre os homens foi completa por dois companheiros de Messi no Barcelona. Os espanhóis Xavi Hernandez e Andres Iniesta ficaram na terceira e quinta colocação, respectivamente. Os três também foram selecionados pelos membros da FIFPro como integrantes da seleção desta temporada.

Nascido em Rosario, Messi deu seus primeiros passos no futebol no Newell’s Old Boys. No entanto, com 13 anos, o argentino apresentava problemas hormonais e 1,40m de estatura. Seu tratamento custava, na época, algo em torno de US$ 900, valor que seus pais não podiam arcar.

VEJA QUEM VENCEU NOS OUTROS ANOS

2008 C. Ronaldo (POR) 1999 Rivaldo (BRA)
2007 Kaká (BRA) 1998 Zidane (FRA)
2006 F. Cannavaro (ITA) 1997 Ronaldo (BRA)
2005 Ronaldinho (BRA) 1996 Ronaldo (BRA)
2004 Ronaldinho (BRA) 1995 Weah (LIB)
2003 Zidane (FRA) 1994 Romário (BRA)
2002 Ronaldo (BRA) 1993 R. Baggio (ITA)
2001 Figo (POR) 1992 Van Basten (HOL)
2000 Zidane (FRA) 1991 Matthäus (ALE)

Foi neste momento que o Barcelona entrou na vida de Messi. O clube catalão, ciente da habilidade do jovem canhoto, levou o jogador e seus familiares para a Espanha e, além de pagar o tratamento hormonal necessário, ainda colocou o atleta em suas categorias de base.

Dois anos e meio depois, e 30 cm mais alto, Messi ganhou uma oportunidade entre os profissionais no Barcelona. E o argentino iniciou sua carreira quebrando marcas (estreante e autor de gol mais jovem da história do Campeonato Espanhol) e não dá mostras de que irá parar tão cedo, pelo menos no seu clube.

Todo o sucesso colecionado por Messi no Barcelona não se reflete em suas atuações pela seleção argentina. Apesar de ser a grande aposta do técnico Maradona, o atleta não consegue render o esperado e, inclusive, chegou a ser hostilizado recentemente por argentinos. A Copa do Mundo, na África do Sul, pode ser a oportunidade para o jogador se firmar perante os torcedores do seu país e, de quebra, ajudar para que este prêmio individual se repita em 2010.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host