UOL Esporte Futebol
 
21/12/2009 - 09h45

Messi: "Sinto raiva quando dizem que não sou argentino"

Das agências internacionais
Em Madri (Espanha)
  • Pichações em La Plata ofendem Messi após final do Mundial; torcedores cobraram atacante

    Pichações em La Plata ofendem Messi após final do Mundial; torcedores cobraram atacante

Lionel Messi se mostrou incomodado com as ofensas de torcedores argentinos. Nesta segunda-feira, o atacante do Barcelona comentou sobre os insultos recebidos após a vitória da equipe espanhola sobre o Estudiantes, no sábado, na decisão do Mundial de Clubes da Fifa.

“Sinto raiva quando dizem que não sinto emoção pela (seleção) Argentina. Nada me dói mais quando falam que não sou argentino”, afirmou o jogador, em entrevista publicada pelo diário espanhol El País.

Na prorrogação, Messi fez o gol que deu o título do Mundial de Clubes da Fifa ao Barcelona. Na Argentina, logo após o jogo, alguns torcedores do Estudiantes picharam muros com insultos ao atacante, como “Messi putito” e “Messi não é argentino”, entre outros.

“Penso como argentino e vivo na Catalunha, mas me sinto muito argentino. Não me importo quando me digam ‘o catalão’, mas fico com raiva por pensarem que não sou argentino”, reiterou Messi. A crítica dos torcedores fica por conta do desempenho discreto do atacante com a camisa da Albiceleste.

Favorito para levar o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, Messi falou sobre a expectativa de levar o troféu. “Foi um ano bárbaro. Os prêmios individuais alegram as pessoas que gostam de mim, compensam o sacrifício feito pela família”, concluiu.

O vencedor será conhecido em cerimônia nesta segunda-feira, em Zurique, a partir das 17h (horário de Brasília).

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host