UOL Esporte Futebol
 
21/12/2009 - 14h43

Renato Gaúcho impõe duas semanas de concentração aos jogadores do Bahia

Do UOL Esporte
Em Salvador

Como jogador, Renato Gaúcho já foi cortado da seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1986 por causa de uma escapada da concentração. Como treinador, no entanto, ele tomou uma decisão de fazer inveja ao reponsável pela decisão, o disciplinador Telê Santana.

O novo técnico do Bahia não deverá dar moleza para seus novos comandados. Os jogadores ficarão concentrados entre os dias 4 e 17 de janeiro, data da estreia no Campeonato Baiano, contra o Colo-Colo, realizando duas semanas de treinamentos em dois períodos.

Os jogadores do Bahia se apresentam na próxima semana para realizar exames médicos e serão liberados até o dia 4 de janeiro, quando começa o trabalho focando a estreia no Baianão. Antes da estreia, o Bahia deve apresentar quatro jogadores para fazer parte do elenco para a disputa do Campeonato Baiano, Copa do Brasil e do Brasileiro da Série B.

Corte

Renato Gaúcho foi cortado da seleção brasileira de 1986 ao lado do lateral-direito Leandro por ter se apresentado além do horário estipulado pelo então técnico Telê Santana após uma das raras folgas do elenco.

Na ocasião, o atacante revoltou-se e chegou a declarar que outros atletas haviam feito o mesmo, mas não foram punidos porque pularam o muro da concentração, enquanto ele e Leandro entraram pela portaria. Em 1995, o jogador, atuando pelo Fluminense, procurou Telê Santana para uma reconciliação.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host