UOL Esporte Futebol
 
01/01/2010 - 07h02

Dos muitos juniores testados, só Diego Renan foi titular celeste em 2009

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Diego Renan conseguiu se firmar como titular do Cruzeiro e espera manter a posição em 2010

    Diego Renan conseguiu se firmar como titular do Cruzeiro e espera manter a posição em 2010

O Cruzeiro recorreu a jogadores da base, em 2009, especialmente quando o técnico Adilson Batista decidiu poupar titulares no Campeonato Brasileiro por causa da Libertadores. Poucos atletas dos juniores, no entanto, conseguiram se firmar no elenco principal e apenas um, o lateral-esquerdo Diego Renan conseguiu virar titular da equipe mineira.

Nomes como os do zagueiros Neguete, Luisão e Vinícius, dos volantes Mateus e Uchoa, além do meia Dudu não conseguiram permanecer na equipe principal. Dois deles, Uchoa e Dudu, que disputarão a Copa São Paulo de Futebol Júnior, a partir deste sábado, serão reincorporados ao elenco profissional, de acordo com o presidente Zezé Perrella.

O meia Bernardo, destaca cruzeirense na Copinha de janeiro de 2009, e que teve diversas oportunidades ao longo da temporada, também não conseguiu se firmar como titular, mesmo com a dificuldade para Adilson Batista encontrar o meia, que ostentasse a camisa 10. Essa função acabou com o veterano lateral-esquerdo Gilberto.

Do time titular do Cruzeiro, nas últimas partidas do Brasileiro, em 2009, além de Diego Renan, apenas o lateral-direito Jonathan foi formado no próprio Cruzeiro. Mas o jogador, eleito o melhor da posição na promoção craque do Brasileirão, já foi profissionalizado há bastante tempo.

Os demais titulares – Fábio, Leonardo Silva, Gil, Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná, Gilberto, Thiago Ribeiro e Wellington Paulista –, todos foram revelados por outros clubes e contratados pelo time celeste.

Entre os principais reservas, destaque para o goleiro Rafael, que após a saída de Andrei, agora na Portuguesa, será o reserva imediato de Fábio. Outro que foi valorizado em 2009 é o atacante Eliandro, que foi requisitado por Adilson Batista em momentos de desfalques no ataque, soube aproveitar sua chance e seguirá no elenco principal.

O grande destaque da base, no entanto, foi Diego Renan, lateral-direito de origem, que se firmou como titular do outro lado. Aos poucos, o jogador, de 19 anos, ganhou espaço no grupo principal, consolidando-se como titular, após a negociação de Gérson Magrão.

“O ano de 2009 foi muito bom. Comecei o ano e fui o capitão do júnior na Copa São Paulo, depois, passei dois meses no profissional e voltei novamente para a base. Quando a equipe estava na fase final da Libertadores, comecei a ter oportunidades para jogar e pouco a pouco conquistei meu espaço”, recordou Diego Renan.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host