UOL Esporte Futebol
 
10/01/2010 - 11h22

Palmeiras aprova saída de Love e entrega ao Fla "taxa" pedida pelo CSKA

Bruno Thadeu
Em Atibaia (SP)

O Palmeiras já definiu que Vagner Love está liberado para defender o Flamengo até 30 de junho. A transferência, entretanto, ainda não está concretizada. O CSKA, clube russo que detém os direitos econômicos do atacante, solicitou uma bonificação pela cessão de Love para o Flamengo.

O valor não foi revelado pelo time alviverde, que descartou arcar com essa taxa cobrada pelos russos. Para Love atuar na Gávea, o Flamengo precisa se acertar com o CSKA, destaca o ex-presidente e atual membro do Conselho Fiscal do Palmeiras, Seraphim Del Grande.

“O Palmeiras já acertou todos os valores com o CSKA quando trouxe o Vagner Love da Rússia. Só que o CSKA está pedindo uma compensação pela transferência ao Flamengo. Eles querem receber algo em troca. Agora o Flamengo que tem que acertar com o CSKA. O Palmeiras não pagará esse valor, até porque é o Flamengo o interessado na transação”, declarou Del Grande ao UOL Esporte.

A intenção de não contar mais com Vagner Love foi repassada a Muricy Ramalho, que deixou o atacante na reserva no jogo-treino do Palmeiras contra o Taubaté, neste domingo, em Atibaia. Robert ganhou posição entre os titulares.

De acordo com Del Grande, o Palmeiras quitou a dívida que tinha com Love. O jogador solicitava um mês de salários, mais bonificações.

“Acertamos os valores que estavam pendentes com o Vagner. Assim como o Palmeiras já está tudo acertado com o Flamengo. Agora a negociação resume-se a Flamengo e CSKA”, destacou o dirigente, que se reuniu com o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo no sábado para definir a contratação de um novo camisa 9.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host