UOL Esporte Futebol
 
10/01/2010 - 12h49

Pré-temporada curta fará com que Vasco passe por rodízio no Estadual

Bruno Rousso
Em Vila Velha (ES)

Geralmente, a pré-temporada tem como objetivo dar base física a todo o elenco. Contudo, devido à Copa do Mundo das África do Sul, os clubes tiveram encurtada esta fase, considerada essencial pelos profissionais da área. O Vasco, por exemplo, somará apenas dez dias de trabalho antes da estreia no Estadual do Rio, 16 de janeiro, contra o Tigres, em São Januário. Diante disso, a equipe deve passar por um rodízio, evitando que os jogadores sofram desgaste excessivo.

“Esse período não dá para nada. é muito pouco tempo para se trabalhar a parte física, assim como a tática também. Por isso, não estamos fazendo um trabalho tão intenso. Os jogadores ficaram um mês parados, não podem voltar forçando muito a musculatura”, explicou o preparador físico do clube, Flávio Oliveira, complementando.

“Por isso, devemos fazer um rodízio. Teremos jogos domingo e quarta. Ou seja, o cara que jogou domingo, de repente será poupado para quarta. A intenção é fazer isso até que todos atinjam um nível físico satisfatório”, emendou.

Diante do período curto de preparação, uma boa notícia. O técnico Vagner Mancini elogiou a condição física do grupo. De acordo com ele, nenhum jogador de linha se apresentou com o percentual de gordura acima dos 14%, fato considerado raro pelo comandante. "eu já recebi atleta com vinte e um poer cento", disse.

A delegação fica em Vila Velha, no Espírito Santo, até a próxima quinta-feira, quando volta ao Rio de Janeiro. Até lá estão programados dois períodos de treino por dia, entre musculação, treino aeróbio e tático.

Além do Estadual do Rio, a equipe cruzmaltina disputará outras duas competições durante a temporada: a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, torneio do qual volta a participar após passar 2009 na Série B.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host