UOL Esporte Futebol
 
11/01/2010 - 17h39

Santos empata jogo-treino, e Dorival pede paciência com time e Giovanni

Fernando Prandi*
Em Santos

O Santos empatou por 2 a 2 com o Red Bull Brasil, time de Campinas que disputa a Série A-3 do Campeonato Paulista, em jogo treino nesta segunda-feira de tarde, na Vila Belmiro. O meia Giovanni atuou praticamente todo o segundo tempo, quando entraram todos os reservas.

Com 37 anos, o atleta que fez história no clube teve uma atuação discreta. O meia não atua em uma partida oficial desde abril do ano passado, quando disputou o Campeonato Paulista pelo Mogi Mirim.

“Ocorreu uma dificuldade natural do Giovanni, até por causa do muito tempo sem contato com bola. Não tenho dúvida de que ele vai reencontrar seu espaço em campo”, afirmou o comandante, que vetou a participação do meia na estreia do Santos no Campeonato Paulista, domingo, contra o Rio Branco, no Pacaembu.

Com relação a equipe, o técnico disse ter ficado satisfeito. “Pelo pouco que estamos treinando, foi até acima do que esperávamos. Os trabalhos até agora procuraram priorizar mais a parte física e alguns jogadores estão realmente estafados”, ressaltou Dorival.

O primeiro tempo terminou empatado por 1 a 1, com gol de André para a equipe do litoral e do volante Hudson, volante que tem os direitos federativos vinculados justamente ao Santos, para o time do interior. Cinézio virou o jogo em cobrança de pênalti, e Vinícius deixou tudo igual nos minutos finais.

Enquanto isso, ficaram fazendo reforço muscular no CT Rei Pelé o lateral-direito Maranhão, o zagueiro Durval, o meia Marquinhos e os atacantes Maikon Leite e Fabiano. Já o goleiro Fábio Costa, em fase final de recuperação da lesão no pé direito, fez treino leve também no CT.

O Santos começou a partida com: Felipe; George Lucas, Edu Dracena, Bruno Rodrigo e Léo; Rodrigo Mancha, Germano, Paulo Henrique Ganso e Wesley; Neymar e André.
 

* Atualizada às 19h23

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host