UOL Esporte Futebol
 
11/01/2010 - 14h21

Sem fugir da responsabilidade de 'astro', Rafael Carioca chega ao Vasco

Bruno Rousso
Em Vila Velha (ES)
  • Após uma longa novela, volante Rafael Carioca, enfim, foi apresentado como reforço do Vasco

    Após uma longa novela, volante Rafael Carioca, enfim, foi apresentado como reforço do Vasco

Um ano na Rússia valeu como experiência, mas cansou. Com saudade da família e de sua terra, Rafael Carioca acertou com o Vasco e vestiu a camisa do clube pela primeira vez nesta segunda-feira, em Vila Velha, no Espírito Santo, local da pré-temporada cruzmaltina. Apesar de jovem, o volante assumiu a responsabilidade de ser um dos "astros" do time para a temporada 2010. Para fechar com o atleta até 31 de dezembro, os cariocas pagaram cerca de US$ 100 mil ao Spartak Moscou pelo empréstimo.

“Eu chego coberto de expectativas, sei isso. E não posso fugir disso. Sei que haverá pressão, mas estou pronto para isso. Tenho a consciência de que fui uma das principais contratações e quero fazer o meu papel”, frisou o jogador.

Nascido em São Gonçalo-RJ e criado em Itaboraí-RJ, Rafael nunca atuou como profissional no Rio de Janeiro. Ele começou no Profute-RJ, seguindo para o Grêmio, onde se destacou e foi vendido para o Spartak de Moscou.

“Agora vai ser diferente. Vou jogar perto da minha família, dos meus amigos. Está tudo certo. Meu filho vai nascer em março também e estava com saudade daqui. Era a minha vontade. Quando tudo está assim o jogador não tem desculpas para jogar mal”, destacou o volante, complementando.

“Além da saudade, pesou o projeto apresentado pelo Vasco. Me interessou muito. A diretoria montou um time forte. É um clube de tradição, com uma grande torcida. Espero dar certo. Em relação ao meu futuro, não sei. Mas por que não continuar? Isso só o tempo vai dizer”, emendou.

Visualmente, Rafael parece estar em boa forma física. Contudo, ele não arriscou uma data para sua estreia, e prefere antes conversar com o preparador físico Flavio Oliveira. Tudo sem pressa, para evitar problemas no futuro.

“Tem que ter calma. Não posso fazer nada com pressa. Se quiser apressar, posso acabar me queimando. Então, tem que se preparar para começar bem. Não adiante fazer as coisas sem pensar, só por pressão. Só vou estrear quando estiver preparado”, encerrou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host