UOL Esporte Futebol
 
13/01/2010 - 19h34

Dirigente afirma que Marcos Aurélio e Edson Bastos não saem do Coritiba

Do UOL Esporte
Em Curitiba*
  • O atacante Marcos Aurélio também declarou que pretende continuar no Coritiba em 2010

    O atacante Marcos Aurélio também declarou que pretende continuar no Coritiba em 2010

O vice-presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, disse nesta quarta-feira que o atacante Marcos Aurélio e o goleiro Édson Bastos permanecerão no clube na temporada de 2010, desmentindo as especulações de que os jogadores, por terem salários altos, seriam negociados para aliviar o folha de pagamento.

"O Marcos Aurélio permanece. Ele é um jogador nosso até o fim de 2010, o treinador [Ney Franco] tem confiança nele e é um atleta que eu, particularmente, gosto muito. O Edson Bastos ajudou muito o Coritiba no passado e é muito importante contar com ele nesse momento", declarou o dirigente, em entrevista à Rádio Banda B.

Nos últimos dias, especulações davam conta que Marcos Aurélio poderia se transferir para o Avaí que, em troca, cederia o atacante Roberto ao Coritiba.

O jogador também declarou que não pretende deixar o Alto da Glória neste momento. "Quero ficar, o Coritiba é clube grande, de estrutura, tem ambiente bom de trabalho e um time que certamente fará uma boa temporada. Quero ficar, lutar pela artilharia das competições e voltar com o clube à série A”,  ao site oficial do clube.

Parceria com a LA

Vilson Ribeiro de Andrade anunciou também que a parceria com LA Sports está quase fechada e pode ser anunciada oficialmente na semana que vem. Pelo acordo, a empresa cederia jogadores ao clube.

"Ontem tivemos uma reunião com Luiz Alberto [Martins de Oliveira] discutimos e estamos com negociações bem adiantadas. Ainda não fechamos, porque faltam alguns detalhes, mas as conversações estão indo muito bem", disse o dirigente.

A LA Sports controla os direitos econômicos de diversos jogadores, já manteve uma parceria de dois anos com o Paraná Clube e, atualmente, tem um acordo semelhante com o Avaí. Segundo Ribeiro de Andrade, no entanto, o modelo de parceria com o Coritiba será diferente.

"O Luiz Alberto hoje é uma pessoa de referência no mercado. Fez um trabalho muito bom no Paraná e não foi compreendido. Mas o modelo nosso não é o que está aí no mercado. Não virá nenhum jogador sem o aval da comissão técnica. É uma parceria onde o Coritiba tem condições de ganhar e o Luiz Alberto terá também a oportunidade de colocar na vitrine seus jogadores", disse.

*Atualizada às 19h46
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host