UOL Esporte Futebol
 
14/01/2010 - 12h22

Santos tenta reduzir os salários de Fábio Costa e Rodrigo Souto

Fernando Prandi
Em Santos
  • Rodrigo Souto tem contrato até o final do ano e pode sair

    Rodrigo Souto tem contrato até o final do ano e pode sair

Com uma política de contenção de despesas para poder arcar com a folha salarial do clube, a diretoria do Santos tentou diminuir os salários do goleiro Fábio Costa e do volante Rodrigo Souto, dois dos maiores vencimentos entre os jogadores.

A ideia seria prorrogar o tempo de contrato de ambos e com isso diminuir o valor dos salários. Fábio Costa já havia até aceitado a proposta, mas voltou atrás ao saber que Souto não teria que reduzir o salário.

A diretoria então vem tentando convencer Souto a aceitar o acordo, mas o problema é que o contrato do jogador vai apenas até o final do ano e não seria interessante para ele uma prorrogação.

“Não está fácil a negociação (com o Rodrigo Souto). Estamos tentando uma readequação nos salários, mas ainda não conseguimos nada de concreto”, disse o mandatário, que não descarta vender o jogador, que pode acertar um pré-contrato com qualquer equipe no meio do ano.

Já o diretor de futebol alvinegro Pedro Luiz Nunes afirma que as situações dos jogadores são distintas e espera por uma resposta de Fábio Costa, que tem contrato até 2012. “Nós estamos aguardando a resposta dele, até por que são jogadores e contratos diferentes", ressaltou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host